Há por aí alguém que explique?

Nós sabemos que um português é a mistura de cristãos, mouros, judeus, romanos, visigodos e celtas, e, também sabemos, que os mouros ocuparam durante sete séculos a Península Ibérica e por alguma razão nós não falamos Árabe. Só não sabemos, a razão do último filme de José Fonseca e Costa ter passado no Brasil com legendas.

6 comentários:

Bill disse...

Seria o filme "VIÚVA RICA SOLTEIRA NÃO FICA".
Do José Fonseca me lembro, se não me engano claro dos filmes "Cinco Dias, Cinco Noites" e "O Fascínio"

Bom amigo quanto a sua pergunta... Queria muito lhe dar uma explicação para isso que não fosse a mais simples que consigo imaginar, indústria de cinema por aqui achou (infelizmente) que todos iam se enroscar com português de Portugal, tiveram a que para eles pareceu uma idéia genial...
Sinceramente não me assustaria se fosse simplesmente isso, já que as legendas atuais vem com uma qualidade suspeita onde se comem letras como se tivessem em um chat da internet.
É lamentável e triste, mas ainda tenho que ficar feliz, já que não tiveram a infeliz idéia de dublar x)

Abraços

[s]s

PiresF disse...

Amigo Bill,

É mesmo esse, e podes ler aqui que foi onde soube da legendagem, uma critica nada abonatória ao próprio filme, feita pelo Tony Tramell.

http://almanaquevirtual.uol.com.br/ler.php?id=7460&tipo=2&cot=1

O Tony Tramell diz que foi para facilitar a compreensão (!?) o que para mim é incompreensível.

Tenho de concordar contigo acerca da dublagem. È preferivel a legendagem mil vezes, aliás, a dublagem é o assassínio puro e simples de um filme e até me arrepio só de pensar na voz de um Al Pacino ou de um Sean Connery dublada.

Grande abraço.

Anónimo disse...

:))))))))))))
não conheço o filme. ...

mas acho bem....e mais tb deveriam legendar o cinema português em Portugal...

como já não se lê, talvez assim lá fossemos...:))))


e explicação não tenho.
:((((.

para a dita legendagem no Brasil.

______________beijos.

LEGENDA para o BILL, if I may:

hello, nice to see you here.

abreijos.



y.

PortoCroft disse...

Caro Pires,

Entende-se. O ouvido brasileiro só agora começa a estar habituado ao nosso ¨sotaque¨.

De qualquer das formas, mesmo muitos portugueses, por vezes têm dificuldade em entender os diálogos. Motivos? Má captação de som, má dicção e, em muitos casos, muita cera nos ouvidos. :)

Abraço.

hora tardia disse...

tarde. cedo.


discreta.



mas a ver o fio dos dias.



beijo.

Teresa Durães disse...

(celtas não, Fenícios e Púnicos...os Romanos chamavam celtas a tudo o que não era nem Romano nem Germano...)

os Árabes estiveram desde 710 a 1143... cof cof cof...

(agora ficou zangado comigo com tanta lata a emendar??? eheheheh)

quanto aos Brasileiros, que se pode fazer? aqui ao lado os nuestros hermanos também não nos entendem. São burrinhos ou fazem-se? quero lá saber!

abraço (tardio, ausências...)