Porque ler e dar a ler, têm aqui lugar.

É sempre difícil, narrar em poucas palavras, os méritos de uns e outros e, embora estivesse para começar este post, dividindo as pessoas em dois grandes grupos, algo me avisou, a tempo, do duplo erro. As pessoas na blogosfera não se dividem, mas juntam-se em pequenos grupos. Neste caso ébrio de lucidez, juntou-me a um valente do teclado: Davi Reis, que conheci no blog “Caderno de Corda”, há ano e meio – mais coisa, menos coisa -, devido a uns problemas autorais. Caso, com enfoque no plagio como sinopse do documentário Loose Change 2, pelo site da R.T.P., onde, os direitos autorais não foram respeitados. Na altura, considerei pertinente juntar-me a essa luta e dar-lhe o meu apoio. Desde aí, e embora com frequência esporádica, mantivemos o contacto que levou a conhecer as suas qualidades como compositor, instrumentista, autor de letras, cantor, escritor e poeta. Méritos abundantes, sem dúvida.
Sobre os seus dotes musicais, temos no “Porta 65 Fechada” bolg do Movimento, um excelente exemplo na canção “Tecto de Abrir”, que é a música do Movimento, e também na banda “Baby Jane”, que podem espreitar aqui.

Porém, hoje, não queria deixar de vos dar conta da sua faceta como Poeta. O Davi Reis, que até agora publicava os seus poemas designado-os de Poesia Cordiana, no seu blog “Caderno de Corda”, resolveu, neste tempo onde não é fácil publicar e mais difícil ainda colocar os livros no leitor, dar o salto em frente e, assim, no dia 29 de Março (sábado), pelas 18 horas, decorrerá, na Fábrica Braço de Prata, a apresentação do seu primeiro livro de poesia, com o curioso título - 'Pôr a Escrita em Noite'.
Com início às 18 horas na sala Nietzsche da Fábrica Braço de Prata, o lançamento contará com a presença do declamador João Saramago e da pianista Rita Medina. Sob a chancela da Corpos Editora.

Diz ele: “O momento é, obviamente, de grande importância para mim, pelo que não dispenso a presença dos amigos e da família.” E, eu acrescento: nada como o enlevo de um livro de poemas, para conjugar em perfeita sintonia de aromas, com um cubano e uma boa bebida destilada, no recôndito do lar.

Desejando, desde já, uma multidão interessada na sala Nietzsche, prometo, que tudo farei para estar presente.




10 comentários:

Davi Reis disse...

Muito, muito obrigado, Pires. Também eu, quando leio, "me encanto ou desencanto mediante aquilo que sou, penso e sinto..." No caso, encanta-me a tua bonomia, sinceridade, amizade, o teu fascínio pelas coisas da vida, das ideias, da arte... Espero merecer as tuas palavras pelas minhas, no livro que levanta ferro no próximo dia 29...
Por curiosidade, a sala Nietzsche acolhe-te mais ao cubano e à bebida destilada, que aquilo é espaço tolerante para fumadores.
Será uma honra ter-te presente e um prazer dar-te finalmente um abraço.
Mais uma vez, obrigado, Pires. Por seres quem és e por o partilhares na blogosfera.

Um forte abraço fraterno

Germano V. Xavier disse...

Se eu pudesse comparecer...
Seria bom demais!

Mas tudo bem... quem sabe um dia eu possa...

Fica aqui minhas felicitações ao Davi e a você, meu caro!

Um forte abraço!
Aparece...

Germano

Bill disse...

Eu, do lado de cá das águas, posso deixar meu sinceros desejos de que tenhas muito sucesso Davi, e digo que começou bem, se o amigo Pires indica eu já logo sei que deve ser muito bom, e pelo que li, um virtuoso.
Que seja um grande dia!

Abraços

[s]s

Nina disse...

Bem, por um oceano de motivos não vou poder estar presente!

Mas desejo do fundo do coração que seja um lindo momento pra ele.

E que a poesia se multiplique "ad infinitum"...

Beijos, e obrigada pelo convite, hehe!

=)

Menina_marota disse...

Um momento que eu não perderia, se tivesse oportunidade, assim fico com a tristeza de o perder.

Grata pela partilha e desejo-te uma feliz Páscoa ;)

Mocho-Real disse...

É sempre de saudar o aparecimento de nova gente com amor à escrita.
Desejo que a obra tenha muito bom acolhimento.

Uma Páscoa Feliz.

Abraço.Jorge G.

alice disse...

Caro PiresF, venho agradecer-lhe tardiamente as palavras gentis que recentemente deixou no meu blogue e desejar-lhe uma feliz páscoa. Um beijinho para si.

PiresF disse...

Amigos,

Agradeço a todos os que comentaram, e duplamente aos que visitaram o Davi Reis.

Muito obrigado e um grande abraço.

Oliver Pickwick disse...

"...o lançamento contará com a presença do declamador João Saramago e da pianista Rita Medina..."
Um lançamento hollywoodiano, para um gênero literário, hoje, de pouca relevância para as grandes editoras. Salvo a reedição de livros de poetas consagrados, circunstâncias deste tipo são raras hoje em dia.
A melhor das sortes para o seu amigo.
Abraços!

Oliver Pickwick disse...

P.S.: Penso exatamente como você a respeito do acordo ortográfico. Já disse antes, mas repetirei, seus comentários são verdadeiros mini-posts, um complemento de valor do post principal.
Todavia, o que vejo na blogosfera portuguesa é diferente. A maioria dos seus compatriotas acreditam que o acordo é um vampiro lusófono que vai roubar-lhes a identidade.
Deveria publicar um post, desenvolvendo mais o que escreveu no seu comentário em meu blog. Seria muito interessante.
Abraços!