Pelo menos sete mortos durante manifestação pró-Tibete em Sichuan, avançam ONG

Informativo-Notícia 2008-03-16 15:39:00, no PUBLICO – Última Hora

"A manifestação foi violentamente dispersada. A polícia disparou para a multidão. Há sete mortos", contou à AFP Kate Saunders da Campanha Internacional para ao Tibete, citando testemunhas no local. Saunders acrescentou que "muitas pessoas ficaram igualmente feridas" e que a "polícia se retirou" depois de desmobilizada a manifestação.

O Centro Tibetano para os Direitos do Homem e a Democracia avança, por sua vez, que há 13 mortos confirmados, entre os quais monges do mosteiro Kirti, em Ngawa, situado a cerca de mil quilómetros a nordeste de Lhasa. "Tivemos a confirmação da morte de 13 pessoas", indicou o porta-voz do centro, Lobsang Tsultrin.

Segundo o relato dos acontecimentos que a organização avançou no seu site, a manifestação começou quando "milhares de monges se reuniram para a oração". "Pouco depois, gritaram espontaneamente slogans a apelar à libertação do Tibete e ao regresso do Dalai Lama, acompanhados por milhares de civis de Ngawa, que se dirigiam para a sede do governo local", escreveu ainda a organização.

Uma testemunha ouvida pela AFP indicou que três pessoas morreram durante a manifestação que se seguiu à oração em Kirti, que abriga perto de 2800 monges tibetanos. "Os manifestantes atacaram a sede da polícia, incendiaram viaturas e a polícia disparou. Vi três pessoas mortas", acrescentou a mesma fonte.


Um porta-voz da polícia de Ngawa negou que tivesse havido qualquer ataque. "Tal não aconteceu", reforçou o mesmo responsável à AFP.

O incidente foi igualmente relatado pela Campanha pela Libertação do Tibete, que citou testemunhas no local. A organização com sede em Londres contabilizou em cinco o número de mortos na manifestação de "centenas de tibetanos", indicando também que entre os manifestantes se encontravam monges de Kirti, estando um deles entre as vítimas. "Trata-se da primeira manifestação em Sichuan de que tenho conhecimento", sublinhou o porta-voz da campanha, Matt Whitticase.

A manifestação dos monges budistas de hoje segue-se a outra registada ontem na província chinesa de Gansu, no Noroeste, segundo grupos de defesa dos tibetanos. Nos últimos dias os monges budistas têm-se manifestado contra o Governo chinês. Anteontem, manifestações contra a administração chinesa degeneraram em violência no centro de Lhasa, provocando pelo menos dez mortos, segundo Pequim, e perto de cem, de acordo com o Governo tibetano no exílio, que já pediu a abertura de um inquérito junto da ONU sobre estes episódios de violência

Petição a favor da aprovação pela Assembleia da República, de uma moção que condene a Violação dos Direitos Humanos e da Liberdade Política e Religiosa no Tibete, a que o MIL: Movimento Internacional Lusófono, se associou e apela a que a subscrevam.




11 comentários:

Bill disse...

Lá já deixei meu nome, e fico na torcida para uma solução rápida.

[s]s

Anónimo disse...

assinei. ontem.

.

e foram já muitos!
estou a correr.
beijo.


.
_____________y.

Davi Reis disse...

Caro Pires, está convidado em:

http://cadernodecorda.blogspot.com/2008/03/29-de-maro-18-horas-apresentao-do.html

Ficar-lhe-ia muito grato se me ajudasse a divulgar... Por solidariedade blogosférica?

:)

Um abraço fraterno

Oliver Pickwick disse...

Situação difícil vive o Tibete. Não é uma nação independente, e tampouco é a China propriamente dita. Por conseqüência, não usufrui de certas comodidades e bem-estar gerados pela adesão chinesa ao capitalismo.
Curiosamente, não vi na TV nenhum porta-voz da ONU manifestando algo a favor do Tibete.
A verdadeira Besta Escarlate é o neo-liberalismo, e a sua ganância sem medidas ainda levará a China a retomar Taiwan. São os efeitos dos 10% de crescimento/ano da sua economia.
Abraços!

sa morais disse...

Sabe-se que não morro de amores pelo regime chinÊs e este está sempre a dar-me razão naquilo que defendo... infelizmente! Gostaria de estar enganado e ter de engolir o que digo, saíndo de mansinho pela porta dos fundos... Mas não! O gigante é perverso, como o são quase todos os espécimes dessa raça. E aqui volta a mostrar a sua verdadeira face. E é sobre essa face que o mundo tem de reflectir. Já tivemos muitas bestas na História... Não permitam que a História volte a parir mais uma.

Abraço!

Free Tibet!

mac disse...

Talvez quando o Tibete tiver petróleo, a comunidade internacional faça algo...

lapa disse...

http://palcopiniao.blogspot.com/search/label/C%C3%82MARA%20MUNICIPAL%20DE%20COIMBRA%20URBANISMO

DIVULGUE-SE ILEGALIDADES... OBRIGADO!

alice disse...

vou também assinar a petição naturalmente. a leitura deste post deu-me cabo dos nervos. dá-me raiva viver neste mundo em que a morte de pessoas é tratada como uma estatística. todos os dias são divulgados "números". é vergonhoso!

cumprimentos, piresf.

PortoCroft disse...

Assinado.

A China tem que ser apertada pela comunidade internacional.

Hammurabi disse...

Bom post! abraços.

O Homem que Sabia Demasiado disse...

Fight the power!
A China está metida num imbróglio dada a proximidade dos Jogos Olímpicos e da possibilidade de retaliação ocidental.