Correntes Blogosféricas


Já não dá para aguentar mais a coisa. Hoje temos duas correntezas e um prémio para atribuir.
Varias vezes o disse, até com justificações desnecessárias para correcto entendimento do que penso, que não sou adepto da cegarrega das correntes. Por outro lado, não dar seguimento às mesmas acaba por ser petulante e indicador de que levamos esta coisa do bloguismo demasiado a sério.
Assim, e justificando-as como formas de convívio, porque o são, cá vão elas num braçado.

O PortoCroft, não foi de modas e espetou-me com duas de rajada. Vamos à primeira:
Pede-me ele, que indique as 6 músicas que mais me fizeram “abanar o capacete” e passe a corrente a outros 6 bloggers.
Ora, como já não me lembro em particular das músicas, até porque nunca fui de abanar muito o tal dito, fica o que gostava de ouvir quando era jovem.

Pink Floyd – UB40 – Edith Piaf – Vangelis – Genesis – Chet Baker

Passo esta a estes seis, esperando que não façam como eu, que era um chato e pouca companhia tinha nos meus gostos musicais:


Logo de seguida, o PortoCroft, descontente por eu não ter respondido à primeira correnteza, desafia-me para escrever um texto onde utilize as doze palavras de que mais gosto.

De rajada o escrevo e, sem delongas, acoitado no recôndito da minha habitação junto ao borralho que atiço amiúde, debito sem brusquidão mas de gozo desmesurado, as doze que me pede como se de uma ladainha se tratasse. Não sei se o conseguirei em prosa curta, mas lá as vou escrevendo e com soturno sussurro, repetindo-as até as ver alinhadas.

Passo esta a estes doze:



Para finalizar, a Gi, do Pequenos Nadas, presenteia-me com o prémio Blogger Del Dia, e com as regras de atribuição que devo seguir. São elas:

1) Este prémio deverá ser atribuído ao blogs que considera bons e aqueles que acostuma visitar regularmente e deixa comentários.
2) Quando o prémio é recebido deverá fazer um post: Indicando a pessoa que lhe atribuiu o prémio e a respectiva ligação ao blog.
3) Indicar 7 blogs para atribuição do prémio.

Deverá ser exibido orgulhosamente o selo do prémio, de preferência com ligação ao local onde é falado dele.

Ora, aqui está ele:





E vai para estes sete magníficos:

PortoCroftBillIsabel Mendes FerreiraKlatuuClavisLumaAndré

24 comentários:

Gi disse...

CA Piaf e o Chet baker só os apreciei mais tarde, realmente não davamm muito para abanar o capacete :) . Quanto à 2ª resposta ao desafio foi mesmo de rajada ... caramba em que instantinho te despachaste dele :) tenho que aprender com os mestres da prosa estes truques :) . Quanto ao resto obrigada por dares seguimento, desobrigo sempre todo e qualquer um de o fazer. São mimos e os mimos (pelo menos a mim) sabem sempre bem.

Noite feliz. Um beijinho

PiresF disse...

Sabes Gi… tinha já dois desafios do nosso comum amigo PortoCroft, pendurados, quando vi o teu, os suores inundaram-me perante o horror de tal trabalho acumulado. Assim, e para bem da minha saúde, resolvi arregaçar as mangas e despachar a coisa.

Gostei imenso do teu texto das doze palavras e, concluí que, és é uma grande mandriona, é o que é.

Abração.

luma disse...

Pires, tem excelente bom gosto musical. Tenho ouvido Edith Piaf após assistir o longa em sua homenagem e gostado bastante. Cai bem no fim de tarde.
Parabéns pelo mimo e obrigada por ofertá-los a mim!
Doze palavras que gosto? Difícil viu, vou tentar! E já sei até pra quem vou passar! (rs*)
Bom fim de semana!

Mocho-Real disse...

Meu caro amigo Pires F:

Chamem-me "petulante " ou "Maria Albertina", para mim tanto se me dá.
Se aceitasse essa praga medonha das correntes publicitárias, mais ou menos disfarçadas de prémios gloriosos, tinha o blogue que nem árvore de Natal.
Sinceramente, essa coisa já me enjoa e irrita.
É muito mais prático e cotrrecto dizer-se assim: meu amigo, gostava que você divulgasse o meu blogue. Importa-se?
E logo se via...
Enfim, acho de um mau gosto atroz e não quero saber se me acham vaidoso, convencido, ou o que quiserem achar.
Correntes, comigo, não há. Ponto final.
Posso ser o único a protestar, paciência!...

Gosto de aqui vir pelo que se leio.

Um abraço e desculpa este desabafo.

Jorge G.

PortoCroft disse...

"O PortoCroft, não foi de modas e espetou-me com duas de rajada."

Ó! Ó! Ó Pires, toma lá cuidado com as palavras que, alinhavadas desta forma, podem ser muito traiçoeiras. ;))))))))

Obrigado por haveres aceite as brincadeiras. Pela minha parte, mais logo, vou tratar de nomear os 7 blogs do dia.

Um abraço.

PiresF disse...

Luma!

Haja Deus! Alguém que não embirra com os meus gostos musicais. Bem… hoje estou um bocadinho pior, já pouco saio do Jazz a não ser para algumas incursões em novos tipos de música, como Gotan project, Nuevo Flamenco e alguma música cubana, estando também a readquirir um antigo gosto pelo fado com as novas vozes que aparecem.

A das doze palavras é engraçada porque não basta debitá-las, a obrigatoriedade de as integrar num texto é um bom desafio.

Bom fim-de-semana também para ti.
Abraço.

PiresF disse...

Mocho-Real!

Amigo Jorge, admito que o petulante foi além do necessário. A intenção não era ferir alguém, mas as palavras são o que são e não voltam atrás. As minhas desculpas se de alguma forma te sentiste incomodado, embora ache que tens “arcaboiço” para aguentar isso e muito mais.
Eu também não sou adepto das correntes, embora admita algumas como veículo de aproximação e convívio entre bloggers e, essencialmente, como paliativo quanto à nossa importância.
Na verdade, um blogger, qualquer blogger, gosta de ser lido, e as formas que encontra para atingir esse objectivo são inúmeras. Algumas roçarão a desonestidade intelectual, mas generalizar, é partir do pressuposto que conhecemos a intenção de todos e incorrer no pecado de presunção.
E não, não te vou achar vaidoso ou convencido, a liberdade é isso mesmo; teres direito à tua opinião, poderes expressá-la livremente e até achares que os outros têem “um mau gosto atroz” (o que é sempre subjectivo, diga-se). É uma opinião que respeito e estás à vontade para desabafar sem pedir desculpa.

Abraço.

PiresF disse...

PortoCroft!

Pois é pá… assim se prova mais uma vez que o mal não está no que escrevo, mas sim no pensamento daqueles que lêem. Há mínima distracção: toma lá que já almoçaste.

Na boa amigo, dá-lhe forte e nos próximos tempos não me mandes correntezas, já não sei a quem as mandar.

Abraço.

isabel mendes ferreira disse...

enorme Sorriso.

pelo"despacho".
pela capacidade de re.inventar. pelo poder de resposta...:)

________________
pela generosidade.

.


abraço.

sempre reconhecido.

.

isabel mendes ferreira disse...

(e em prosa curta...relevo o texto)
__________________.


guardei.


Beijo***

isabel mendes ferreira disse...

"desmesurado sussurro ...".



bem. sempre muito bem alinhado.

abraçado?

_______________.

sa morais disse...

Eh pá! Isto vai dar que pensar...

Abraço!

PiresF disse...

Isabel!

Generosidade a tua e ainda bem que me a ofereces, mas fica uma pergunta, consciente, pairando. E é esta: Não fosse a amizade, dirias o mesmo, de obra tão pobre?

Grande abraço.

PiresF disse...

Sá Morais!

Não te sintas obrigado. A sinceridade obriga-me a confessar que descreio um nadinha na utilidade destas coisas. No entanto, a das doze palavras, achei um interessante desafio aos que sabem escrever.

Grande abraço

isabel mendes ferreira disse...

muito provavelmente...:) diria.


ser-se generoso não significa cegueira.

e reconheço.O em todas as palavras.
aquelas com que nos conta e re.conta nos Contos e nas estradas ...!!!
ProntoS. Respondi.

e mais não digo.
a não ser Boa Noite...e o Sporting lá perdeu....
"sussurrando" rente ao relvado...

abraço.
:)

PiresF disse...

Isabel!

“e o Sporting lá perdeu....
"sussurrando" rente ao relvado...”

Dificilmente, sem recursos pictóricos, olharia com tal beleza um jogo que me suscitou, além de um cansaço profundo, complexas e pertinentes questões.
Assim são os afectos, como rendas de ternura, convocados com lágrimas entre parêntesis.

Abraço.

PS: O inicio do teu comentário, fica na gaveta contrária à das conveniências e mal-entendidos.

Bill disse...

Opa opa opa, chegando um pouco atrasado, mas muito agradecido x)
É uma honra vinda de tu meu amigo.

Agora quanto a gosto musical, Piaf está no meu sangue, gosto, e muito.
E creio que saia menos do Jazz do que tu heheh, atualmente ouvindo Nina Simone e o eterno Coltrane x)

Já o que tu fez com as 12 palavras é um assombro haha só tu mesmo.

Agora, devo claro dizer, que sua caixa de comentários é um espetaculo a parte (=

Isabel e tu brincando com as palavras... me deixam bobo x)~

Abraços e ótima semana

[s]s

PiresF disse...

Bill,

Sabes que, se eu deixasse (e por vezes deixo), as minhas filhas proibiam a minha música no carro? Pois é amigo… não é fácil… mas lá vou insistindo para que, vez por outra, ouçam aquilo que considero boa música.
O texto não está nada por aí além, embora tenha saído por ele e eu me tenha deixado ir.

A Isabel tem a arte de despertar o melhor da língua portuguesa, influenciando-me a percorrer esses caminhos. A mim, um dos tais tradicionais suspeitos.

Grande abraço.

isabel mendes ferreira disse...

exactamente....:) um dos tradicionais suspeitos!!!!

Muito. e já são dois...(incluo o Bill).


beijos.

________________sorrindo.

PiresF disse...

Por este andar, querida amiga, os suspeitos são mais que muitos e aumentam a cada dia que passa, não sabendo eu, por que métodos se reproduzem. Ainda pensei que poderiam gostar de poesia… mas não, não deve ser nada disso.

Abraço.

LFM disse...

Tenho postado um pouco sobre o que gostava de ouvir.

Anónimo disse...

não...não deve ser. nada disso. nem daquilo. :)

suspeito que...

ora...

a quem interessa? o que importa? (como na canção...o nosso mundo começa....lembra?????)
beijos.


y.

Oliver Pickwick disse...

Quanto aos seis artistas, excetuando o Genesis - o qual nunca consegui vislumbrar nenhuma virtuose musical/instrumental, acho que está enganado, tinha sim, milhões de companhias. Ora, o Pink Floyd é a maior banda de rock de todos os tempos.
Se saiu bem na composição, usou com coerência e criatividade as 12 palavras, e num texto pequeno, que é mais difícil.
Também recebi este prêmio da Gi, a qual às vezes a chamo de brincadeira, a Stanley Kubrick da blogosfera, pelo estupendo visual do seu blog.
Abraços, e tenha uma boa semana!

Klatuu o embuçado disse...

Só te posso agradecer, Pires, principalmente porque sabes que não alinho nestas andanças...

Abraço!