Uma esperança chamada Maria

Findava o ano de 75 quando o mundo desabou sobre ela. O partido, que tinha sido até aí a sua vida, a sua razão de existir e que, a desviara de paixões, contrárias então à moral proletária, pela mão de um seu recrutado na Faculdade de Direito de Lisboa: o “Camarada Veiga” que assinava no “Luta Popular” dirigido pelo Fernando Rosas, um artigo duríssimo com o titulo “Fogo sobre a renegada Morgado”, faria com que, o divórcio se consumasse.

O “Camarada Veiga”, opositor da Linha Negra de Saldanha e, empedernido militante da Linha Vermelha liderada pelo “educador da classe operária”, não sabia então, que prestava um serviço (talvez o único mas que se agradece), ao povo português.

Maria, desiludida com o partido e com o rumo da democracia, desilusão consolidada por uma breve passagem pela cadeia das “Mónicas”, tornando-a e ao seu marido Saldanha Sanches que foi para ao Forte Militar de Elvas, nos primeiros presos políticos pós 25 de Abril, em vez de se entregar aos lavores, encontra refúgio nos estudos candidatando-se ao Centro de Estudos Judiciários.

Optando pela magistratura do Ministério Público, a justiça passa a ser a sua nova paixão, enquanto, o antes empedernido militante “Camarada Veiga”, trocava a Linha Vermelha do "educador da classe operária" pelo laranja de outro partido, aonde, se viria a destacar nos jogos de bastidores.

Maria viria a ser mais tarde, uma arguta directora nacional adjunta da Policia Judiciária. O “Camarada Veiga” primeiro ministro de Portugal. Maria tem a sua fase áurea quando chefia o DCICCEF - departamento de combate ao “colarinho branco” que, pôs em andamento, vários mal cheirosos, sinistros, escandalosos e melindrosos processos neste país, granjeando-lhe então o merecido titulo de “Dama de Ferro”, mas que, no reverso da medalha, a puseram com uma abstrusa acção administrativa, na prateleira. O “Camarada Veiga” numa altura extremamente difícil para o país e depois de várias tropelias, prefere abandona-lo a troco de um lugar de prestigio na U.E., entregando-o ao inverosímil e absurdo Santana que se viria a revelar um impensável governante

Hoje, enquanto o “Camarada Veiga”, prepara o terreno na procura de um tacho pós-presidência da U.E., a Maria que trocou as gangas por Ana Salazar, é convidada pelo aparentemente empenhado, novo procurador-geral da República para sua adjunta, com a difícil tarefa, de dirigir e coordenar a investigação de tudo o que esteja relacionado com o processo “Apito Dourado”.

Veremos se a deixam, desta vez, terminar o trabalho, porque os negócios escuros do futebol e a arrogância das suas subespécies, têm agora à perna, uma mulher com eles no sitio.

31 comentários:

Rui Martins disse...

a minha vizinha! (sim, olho agora neste momento para a sua varanda...)

ignorava em absoluto esse seu passado "vermelho", mas pode esclarecer alguma coisa da sua Cruzada privada contra a Corrupção...

Desejo-lhe Sorte, nesta Guerra contra estes Poderosos da Bola!

Cristina disse...

esperança, esperança!

beijocas

Anónimo disse...

Foi incrível a forma absurda com foi afastada, e agora lá tiveram de a buscar. Quem é bom naquilo que faz, é sempre bom!! Boa sorte Zézinha...

Jorge P.G. disse...

Tenho a melhor das impressões sobre esta antiga militante do MRPP.
Julgo que não "virou", como o "camarada Veiga", cuja mulher foi minha "colega" na Faculdade de Letras, sempre a atravessar a alameda, Direito-Letras-Letras-Direito onde "o amigo camarada" pontificava. Recordo-me de uma vez em que teve de "fazer auto-crítica", pois chegou atrasada a uma reunião por ter ido "burguesamente" a casa lavar o bonito cabelo comprido que usava.
Penso que a Maria José Morgado não "virou", e estará como o bom vinho, cada vez melhor! Assim a deixem trabalhar com plenos poderes, como ela solicitou e, segundo consta, lhe foram concedidos.

Um abraço.

aitb disse...

Brigada por este post... é generoso q alguém nos conte aquilo q os media não nos contam.. eu nem existia nessa altura, mas fico grata por ter uma melhor prespectiva dos factos... Sempre simpatizei com a MJM.. agora compreendo-a.. há honestidade de sentimentos nas palavras dela.. sempre senti isso... ao contrário do camarada veiga... q não passa de um "pavão" e oportunista...

au revoir

Anónimo disse...

Sinceramente terá de ter os "deuses do Olimpo" todos do seu lado.

Não que ela não tenha pernas e tudo no sítio para andar para a frente mas... não vai estar sozinha, né?

Abraço.

M

amadis / pintoribeiro disse...

Hum. Vou reler, mas gostei. Boa semana, abraço.

Outsider disse...

Não conhecia o passado da MJM. Estamos sempre a aprender.
Um Abraço.

tb disse...

Mesmo com eles no sítio, não sei, não sei...espero que não lhe aconteça nenhum qacidente estranho entretanto...
Gostei de ler.
Beijinhos

Mendes Ferreira disse...

e e de Mulheres assim que este país precisa.



_________________



excelente.


(P.S.)como assim?


e descobriu o quÊ??????????
:))))))))))


beijos.

Mary disse...

E assim eu aprendo q em todo país só mudam as personagens... Pq as artimanhas são extremamente semelhantes!
Bjos e boa semana!

Mendes Ferreira disse...

hum..........é muito melhor que eu..... (o Poeta)


obrigada. por ser assim. como é.
(o PiresF)


_______________sempre.

beijo.

mfc disse...

As teias que o Império tece...

belakbrilha disse...

Só acredito depois de ver!

já não acredito em tantas coisas...

Obrigada pela visita

Anónimo disse...

As coisas que aconteceram antes de eu nascer! ;)
Verdade é que desconhecermos (nós, gerações adolescentes) as personagens que correm os telejornais hoje reduze-los a meros representantes de cores, ora vermelho, ora laranja. E mais do que isso, convence-nos que as suas nomeações são tachos arranjados ao momento, nunca em vida alguma reflexos de méritos passados.
Enfim... já aprendi alguma coisa hoje :)

Clarissa disse...

Meu amigo... o que este país se pode gabar de ter é mesmo mulheres com eles no sítio; desde a gestão da casa que é feita ao tostão até a gestão do tempo para que as super mulheres sejam boas mães, profissionais,companheiras e ainda estejam sempre bonitas. As mulheres merecem todo o meu respeito e admiração... bem... alguns homens também ;)
Beijocas Padrinho

A.J.Faria disse...

A frontalidade de M.J.Morgado é proporcional à sua capacidade de gerar conflitos, o que significa que poderá ter alguns dissabores na sua actuação.
Aguardemos os resultados concretos do seu trabalho...se os houver.

Um abraço!

ROADRUNNER disse...

Bem dito! Aguardemos...
Saudações!

bettips disse...

Conhecia o percurso. Mas tal como "algumas" mulheres (homens MRs nem vê-los!)deu uma volta notável e notável é. Ainda bem que a dureza da corrupção irá passar pelas mãos hábeis desta Senhora. E a Clarissa bem explicou das nossas dificuldades. Espero que outras mulheres a apoiem. Abç

Kaos disse...

Esperemos que desta não acabe tudo em águas de bacalhau para nos fazer acreditar que ainda é possivel.
Aproveito para te desejar um Bom natal
abraço

Anónimo disse...

Parece ser uma mulher de fibra. Soube renascer das cinzas!!

Off-topic: Ganhei o quarto lugar, tá bom?? (rs*) Obrigada pelos votos!!

Beijus

Lidiane disse...

Salvem as Marias do mundo.

Teresa Durães disse...

excelente post para quem, como eu, nem conhecia a história dela. Admiro-a pela coragem!

haja esperança, sim!

(desaparecida pelo afogamento em trabalho)

bom Natal para si

DO disse...

Dá a impressão de que as historias sempre se repetem...
Abração!!

Mac Adriano disse...

Uma bela história. Uma das muitas que deviam ser mais vezes contadas. Vivam as Marias e abaixo os "Camaradas Veiga"!

sá morais disse...

Pode ser que... Mas com base no "histórico" do país e do seu funcionamento... Uh... Não acredito muito! Ou melhor, acredito quando vir!

Abraço!

Rui disse...

Esperemos que desenrole o novelo todo.

Clarissa disse...

Padrinho... um Feliz Natal com o aconchego da família.
Muitos beijos

ROADRUNNER disse...

Por falar em Maria, apenas venho desejar Feliz Natal com muita paz e saúde.
Saudações!

Freyja disse...

siempre tienes una historia que logra llegar al alma
te felicito
Desde Sucesos me quedo con tu hermoso saludo, desistir jamas, como dice Pessoa, por que la vida sigue
FELIZ NAVIDAD Y UN 2007 DE PAZ Y EXITO
que sean una lindas fiestas en familia
besitos y muchos cariños
un abrazo grande y cuidate



besos y sueños

pintoribeiro disse...

Boas Festas, um abraço amigo.