Embriaga-te



Devemos andar sempre bêbados.
É a única solução.
Para não sentires o tremendo fardo do Tempo que te despedaça os ombros e te verga para a terra, deves embriagar-te sem cessar.
Mas com quê?
Com vinho, com poesia ou com a virtude, a teu gosto. Mas embriaga-te.
E se alguma vez, nos degraus de um palácio, sobre as verdes ervas de uma vala, na solidão morna do teu quarto, tu acordares com a embriaguez já atenuada, pergunta ao vento, à onda, à estrela, à ave, ao relógio, a tudo o que se passou, a tudo o que gemeu, o tudo o que gira, a tudo o que canta, a tudo o que fala, pergunta-lhes que horas são: "São horas de te embriagares. para não seres como os escravos martirizados do Tempo, embriaga-te, embriaga-te sem cessar! Com vinho, com poesia, ou com a virtude".

Charles Baudelaire

31 comentários:

aitb disse...

íep ;)

Nina disse...

Eu simplesmente amei Baudelaire pra sempre...

Nossa, como eu acredito nisso! Sempre acreditei. De verdade.

Da necessidade da gente se embriagar. De vida.

Tudo de bom amigo!!

=]~

Clarissa disse...

E... consoante os instantes...nos vamos embriagando...por vezes de vinho, outras de poesia e com alguma virtude espalhada pelo meio...O pior Padrinho é a ressaca de quem já não quer mais embriagar-se e quer lutar contra o tempo com o próprio Tempo.
Beijos grandes amigo Pires :)

Cila disse...

belo inicio de semana....com tudo pela vida ...pela letra de baudelaire.
boa semana
bj

spartakus disse...

com a virtude, certamente. b'dia K'mrd. abraço,

tb disse...

Meu amigo,
Como é bom ter-te de volta e receber aquelas palavras amigas...
Sim, estou de acordo com as plavras, mas eu gosto mais de utilizar as minhas e substituir por: vive sempre apaixonado, pela vida, pela pessoa, pela arte, pela natureza, pela amizade, mas... vive sempre apaixonado!
Um abraço com paixão

Anarquista Duval disse...

A mecanização é que corrói.

Curti teres posto uma imagem do Metropolis, usei uma à pouco no meu blog tambem mas com o sentido da condição humana.

riacho disse...

Pois, a ideia é linda - principalmente a de se embriagar com virtude - mas se o intuito é de não sermos "escravos martirizados do Tempo", há que ter em conta duma possível escravatura na embriaguez.

;-)

Cumprimentos, amigo Pires.

Beatriz disse...

sim... o vício e o excesso necessita de contrabalançar a virtude e o equilibrio, assim o digo para interromper a doce amarga canção da lucidez e embriagar-me num estado ausente de quem não sabe a quantas anda

LM disse...

É imperativo embriagar-mo-nos.
Mas disso já falámos.
Fique bem.

paper life disse...

olha que bem!...

:)

dakidali disse...

Eu todos os dias me embriago de vida.
Beijinhos

Intervencionista disse...

Apenas para dar um alô...
Tou de volta velhote.

Poesia Portuguesa disse...

... com Poesia... prefiro com Poesia...

Bj ;)

Bill disse...

E dessa vida oq ue vejo é tudo estranho, vejo com olhos que não ve só a realidade, vejo os traços da criação como um bebado com o ar =]
Baudelaire perfeito,
Grande amigo, estou de volta, os poucos mais de volta =]

Grande abraço

[s]s

RS disse...

Beaudelaire é mesmo assim.
Escolhas difíceis...

Um abraço,
RS

Mendes Ferreira disse...

eu substituo o vinho por vento e levo o resto....pode ser???:)





b.e.i.j.o.

Parrot disse...

Piresf,
Digamos que existem bebedeiras que ainda valem a pena.

Grande abraço e bom resto de semana

Clarissa disse...

Bem, bem meu Padrinho, parece-me que está na altura de outro desafio... o Olho é que não aparece, mas que tal começares os contactos?! Afinal querias convidar uma pessoas... e eu tenho esperança que o Bill, no seu semi retiro aceite participar.
Beijocas grandes amigo.

lusoblogger disse...

Ora aí está um autor para eu explorar!

Era uma vez um Girassol disse...

Pois amigo Pires, depois de uma barrigada de chocolate, que teve como consequência uma crise de maus fígados...mandas-me embriagar?
Talvez seja mesmo esse o caminho...
De vinho não, que não gosto...
De poemas e virtudes, será...
Afinal o conselho valeu!
Que tal as férias???? Sortudo...
Bjs

Mocho Falante disse...

Não conhecia este texto..é sublime

abraços

Marco Ferreira disse...

"Mas com quê?
Com vinho, com poesia ou com a virtude, a teu gosto. Mas embriaga-te."
Vou seguir este teu conselho, vou embriagar-me, com o sorriso da minha filha.

marinheiroaguadoce a navegar

Mendes Ferreira disse...

é manhã....embriago-me. de cansaço.


beijo...!

Andreia Ramos disse...

para nao sentirmos em demasia esse peso que e as vezes o tempo temos de saber vive-lo e bem!beijinho!

Parrot disse...

Pratica uma boa acção....e divulga uma boa causa...vai lá ver.
:-)))

Abraço

carla disse...

como precisamos tanta vez de nos embriagar para esquecer as magoas da vida que nos rodia..estupida,falsa.

Sy disse...

De Poesia concerteza ! A ressaca é maravilhosa !
De Vida ainda mais, e sempre, a ressaca é a prenhez do Sempre !

Sandrinha Mara disse...

Primeiro: muitíssimo obrigada pelo comentário tão lindo que fez em meu blog.
Segundo: que texto mais lindo esse!
Resolvi que vou me embriagar de "VIDA". Muita vida.
Um abraço pra vc meu amigo.
Fui!!!

Ipslon disse...

gosto mt de baudelaire, um tipo um bocado maluco, mas que escrivia extremamente bem.
gostei muito de encontrar aqui isto.

a clarissa fala de desafio, devo ter chegado tarde demais!...

Anónimo disse...

I have been looking for sites like this for a long time. Thank you! Art decor interior decorating North face messenger laptop bag Zyrtec or equivalent Horse picture racing Seo company portugal School bodybuilding clubs Porsche titptronic steering wheel Ephedrine adderall http://www.tennessee-lottery-comission.info/Bets_selling_fiction_author.html