Sinais dos tempos?


Bem... eu não tenho pena dele, quero mais é que ele se dane, mas já tenho pena, dos pais, dos irmãos, dos avós, dos cunhados, dos tios, dos sobrinhos, dos amigos da família e até dos vizinhos deste indígena, palhaço e mentecapto.

Mas valerá a pena criticar este palhaço mentecapto? Com certeza não e, talvez seja preferível, passar a mão pela cabeça da Margarida Rebelo Pinto e dizer-lhe calmamente ao ouvido: vá lá... a critica é necessária e deves procurar aprender com ela, não fiques triste.
Sabes... a escrita não é uma criação espontânea, por mais original que penses ser e ás vezes te falte o tempo para pensar.

14 comentários:

Ofeliazinha disse...

Penso que se ele ou ela se sente bem aaim, então realmente é perda de tempo criticar. O ser humano tem assim umas ideias malucas que se há-de fazer.

Mendes Ferreira disse...

os tempos andam "sujeitos" a tempestades...:) de facto não vale a pena dizer coisa nenhuma...epifenómenos vão e seguem...beijo.



(p.s)como já não existe o WadiRum já não passa por lá???sniff sniff---
mas estou a sorrir...não se melindre...please??!!!.

beijo.

Bill disse...

Olaa Amigo.

Que figura... Nem se tem o que dizer... Isso deva até pesar...

E muitas vezes também lhe sobra pensamentos para escrever...

otimo dia.

[s]s

o encoberto disse...

as alterações de valores sociais levam a criação de subculturas alternativas que aos olhos comuns são, no mínimo, despropositadas.

PiresF disse...

Pois claro amigos... mas quando vejo estas coisas, lembro-me de um vizinho que tinha quando era mais novo, e que, já nessa altura quando via algo despropositado, lá vinha a frase costumeira e sempre engatilhada: “Devias era levar com um encharcado na fronha”.

Um abraço.

dakidali disse...

Coitado, até está com uma cara triste. Lavará a cara todos os dias? Como?
Beijinhos

Andreia Ramos disse...

eu nao gosto dos livros dela, nao acho interesse nenhum!cada um tem o direito a sua opçao1beijinho!

Mendes Ferreira disse...

:) ficou muito "bonito" a espreitar...:)mas os parágrafos existem sim...era a brincar!!!

beijo e obrigado.

LM disse...

Não me repugna a ideia de passar a mão pela cabeça da Margarida Rebelo Pinto, mas quem sabe se o senhor da foto não precisou e não teve?

LM disse...

E não leio Margarida Rebelo Pinto.
Ouvi a leitura de um excerto de um livro dela,há uns anos.
Chegou-me para a vida!

PiresF disse...

Tété!

Como? Não pode...

....................

Andreia!

Claro que sim, mas deve aceitar a critica, ainda por cima e no caso em discussão no momento, é uma critica justa.

....................

Isa!

Ainda bem... Vou tentar não ser tão ausente.

Beijinho.

.....................

LM!

Sobre a foto; acho que tem razão, algo ali não funcionou.
Em relação à MRP, eu até li e tenho o primeiro que considerei uma leitura fácil, bem ao nível dos nossos dias, mas o problema no caso em discussão, é que ela defrauda os leitores. Tive ocasião de há tempos atrás, acompanhar no explanar este trabalho agora editado, e fiquei estupefacto como podia ela copiar páginas completas de uns livros para os outros.
Tem mais é que aceitar a critica e ainda bem que existe um maduro que se dá ao trabalho de fazer este tipo de investigação critica.

Lidiane disse...

Bom, cada doido com sua mania né?

tb disse...

Talvez as duas faces da mesma moeda...
Falta de ser, trocada pelo ter, pelo parecer, pelo vazio interior. Acho eu.
Deixo um beijo

Nina disse...

Ah, sei lá, como você disse, dá pena dos amigos e familiares, mas sei lá, cada um sabe de si.

Mas que é horrível demais isso é.

Beijos... =]