Coisas boas da vida!

Rabanadas de Vinho do Porto borrifadas de Vintage.



Ingredientes – 1 cacete de rabanadas; 1 litro de água; ½ garrafa de Porto LBV; 200 gramas de açúcar; casca de laranja; 4 ovos batidos; 1 ananás dos Açores; 1 litro de óleo de noz; 3 decilitros de Vintage Porto para borrifar as rabanadas e marinar o ananás.

Preparação – Leve ao lume o vinho do Porto e a água, o açúcar e a casca de laranja, deixe ferver durante dois minutos, retire do lume e mergulhe as fatias de pão de cacete de rabanadas nesta calda. Escorra bem, deixe esfriar e passe de seguida por ovos batidos, frite em óleo de noz, escorra bem e coloque sobre folhas de papel absorvente. Passe por canela e açúcar granulado, deixe-as assim a descansar até ao momento de servir. Então no prato, coloque fatias finíssimas de ananás dos Açores, borrife com Vintage Porto ou LBV e por cima uma rabanada e, mais uma vez, dê uma borrifadela com Vintage Porto.

Feche os olhos e sinta os frutos vermelhos, a acidez macerada do ananás e as delícias do Vinho do Porto num cálice a acompanhar.

Receita do Chefe Hélio Loureiro.

17 comentários:

Cristina disse...

caramba, grande post, delicioso:))))

beijinhos

PiresF disse...

Para desanuviar dos anteriores.
Beijinhos para ti, Riquita.

Nocas disse...

Hmmm...já cheira a natal :)
Que bom!!!

Valkye disse...

Eu querooo!!!
Dá um pedaço?

PiresF disse...

As coisas boas que nos aconchegam o estômago são sempre de louvar.
Sirvam-se.

Heloisa disse...

Eu adoro as rabanadas da minha mami :'(
Mas isso de molhar o pão no vinho ela não faz, só passa nos ovos e frita. Depois coloca açúcar e canela, mas não tem abacaxi e também não tem borrifadela com Vintage Porto.
Ixi. Na verdade é só um pão frito.
huahuahuahuahua
Mas eu adoro tudo o que mami faz :)))

PiresF disse...

Não há nada como a comida da Mami, como te compreendo.
Nem todos têem a sorte de ter uma cozinheira em casa que faça esquecer os belos cozinhados da mami.
Eheheheh!

Intervencionista disse...

Ainda sem ler... há hé hé.

Intervencionista disse...

Surpreendeste-me, quando abri o blog não esperava encontrar uma receita de rabanadas de vinho do Porto au Vintage..., achei sem duvida agradavel e digo-te que irei eleger esta receita como especialidade aqui em casa este ano no natal, essas fotos deixaram-me com agua na boca.

Nina disse...

Hummm, deu água na boca!
Vejo que o Natal vai ser delicioso do outro lado do oceano!
Vê se guarda um teco pra gente!
=P~

Eremita Baptista disse...

é só para mandar um abraço e saber se viste o link para aqui lá no convento? achei que era boa discussão...abraços

PiresF disse...

Nuno!

Não sei se terás reparado no nome do Chefe: Hélio Loureiro, que para quem não sabe, é o Chefe da nossa Selecção de futebol e um grande Chefe.

Nina!

Eu já passei o Natal no Brasil com um calor de morrer, e as coisas tradicionais do Natal, comuns aos países frios, não têem cabimento nos países tropicais. Muitas das nossas receitas tradicionais para o evento, são quentes demais para se comerem no verão e por isso nós acharmos que o nosso Natal é muito bom, pois calorias não faltam nesta quadra, é a quadra da engorda.

Eremita!

Espreitei só, mas agora vou lá.
Agradeço-te o link e retribuo o abraço.

Outra Pessoa disse...

Uia.... me deu vontade!!! eu Quero!!!!!!
Cade a mulherada dessa casa pra fazer pra mim! he he he....

Abração!!!!!

Otimo fim de semana!!!

PiresF disse...

Olá Dj!

Vem que nesta altura tem comida para todos, e verás o que é a boa cozinha portuguesa.

Bill disse...

Deu fome =]

Hum ja ate sei quem vai fazer isso pra unois, né amore [nina] =]

[s]s

PiresF disse...

Desculpa Nina, mas parece que te meti em trabalhos. No entanto doces.

freu disse...

O Natal aqui no Brasil é realmente muito quente, mas isso não impede nínguém de se esbaldar guloseimas!!!
Tem coisa mais gostosa do que uma ceia de Natal bem farta?
Cheia de bobagens engordativas?

Hum...