António Lobo Antunes

(Sátira aos HOMENS quando estão com gripe)


Pachos na testa, terço na mão,
Uma botija, chá de limão,
Zaragatoas, vinho com mel,
Três aspirinas,. creme na pele
Grito de medo, chamo a mulher.
Ai Lurdes que vou morrer.
Mede-me a febre, olha-me a goela,
Cala os miúdos, fecha a janela,
Não quero canja, nem a salada,
Ai Lurdes, Lurdes, não vales nada.
Se tu sonhasses como me sinto,
Já vejo a morte nunca te minto,
Já vejo o inferno, chamas, diabos,
anjos estranhos, cornos e rabos,
Vejo demónios nas suas danças
Tigres sem listras, bodes sem tranças
Choros de coruja, risos de grilo
Ai Lurdes, Lurdes fica comigo
Não é o pingo de uma torneira,
Põe-me a Santinha à cabeceira,
Compõe-me a colcha,
Fala ao prior,
Pousa o Jesus no cobertor.
Chama o Doutor, passa a chamada,
Ai Lurdes, Lurdes nem dás por nada.
Faz-me tisanas e pão de Ló,
Não te levantes que fico só,
Aqui sozinho a apodrecer,
Ai Lurdes, Lurdes que vou morrer.

Cortesia do amigo Anibal.

13 comentários:

Nocas disse...

Os homens são uns "caguinchas", qualquer dorzinha, qualquer febre e já estão a morrer :P
('tou a brincar!)

Lucília disse...

Magnífico, como tudo o que ele escreve!
Beijinho

Anónimo disse...

Obrigada por participar da festa do meu blog!!!
Big Beijos

Nina disse...

Huahuahuahua!! A descrição da mais pura verdade!!!
Tem alguém que precisa ler isso!!
=P
Adorei, abraços!!

Intervencionista disse...

Sr.Pires, alem dos Romances deu para postar textos "feministas" ?

:)

Heloisa disse...

huahuahuahuahuahua :'(

PiresF disse...

De facto, não devia ter publicado este post sabendo que as mulheres iriam exultar de gozo, mas que fazer, é verdade.
Refiro-me evidentemente à generalidade dos casos, aos outros, eu não sou nada assim, quando me dá é mesmo forte, não é pieguice nenhuma.

Peregrino @dE disse...

O pior é que é verdade mesmo... quanto a dores no corpo. Nós homens resistimos mais fortemente a dores na alma.

in-culto disse...

Eu gostava do Antonio Lobo Antunes, deixei neste preciso momento de gostar !

in-culto disse...

Doritos, tás a rir do quê ? por acaso eu sou assim ?? ehehehe

PiresF disse...

Eu já disse e repito, as minhas gripes não são dessas vulgares, se me queixo, é porque são de caixão à cova, que eu cá não sou de pieguices.
Nem tenho nada a ver com a cena do Lobo Antunes, até porque, nem chamo pela Lurdes, quanto muito chamo pela Lena.

Cristina disse...

já publiquei este poema..

tão realista, não é? :)))))))))))

beijocas

PiresF disse...

Riquita!

Juro que não sabia.
Quanto à realidade, até chateia. Mas só um homem o poderia escrever.