A Europa dos comerciantes.

“É o que está à vista. Portanto, temos de lutar pelo nosso, que é mais antigo e que é mais substantivo e que não é o de uma Europa de comerciantes mas sim um projecto político, económico, financeiro e social. Tudo coisas que a Grã-Bretanha não quer admitir e está a tentar diluir".

Afirmações criticas de Freitas do Amaral, antes da Reunião dos ministros dos Negócios Estrangeiros dos 25, adiantando, que em cinco meses de presidência, o governo britânico nada fez em matéria de perspectivas financeiras e que a sua politica é uma politica economicista.

8 comentários:

Heloisa disse...

Preciso voltar ao planeta Terra com urgência !!!
Já não compreendo minha própria língua :|

PiresF disse...

Olá Doritos!

Não sei a que termos te referes, mas compreendo que nalguns casos possas ter alguma dificuldade, visto que no Brasil o português é um pouco adulterado.

Eremita Baptista disse...

gostei muito do blog...mesmo...posso colocá-lo nos links?

PiresF disse...

Meu caro Eremita!

Claro que podes e eu agradeço, gostaria de te linkar também, mas verifico que tens dois blogs, o Convento da Crítica e o Abadia dos Media, caso estejas interessado informa qual é o principal que eu linkarei na primeira oportunidade.

Eremita Baptista disse...

podes linkar amigo...á vontade...até agradeço...o convento é o principal...a abadia é o apoio para os media.

PiresF disse...

Ok Eremita, já lá canta.

Heloisa disse...

Sr. Pires !!!
Que isso de português adulterado no Brasil ???
Ah, sim, quiseste dizer aprimorado !
huahuahuahuahua :$
Mas na verdade minha confusão não foi nesse sentido ... o problema é que ando mesmo muito alienada ¬¬
Tenho aterrisado poucas vezes nos últimos dois anos =)

PiresF disse...

Ok Doritos. Já gostava de ti, mas agora depois de saber que tens poderes superiores aos humanos, ainda gosto mais.
De vez em quando convém aterrarres, pelo menos para não perderes o Norte.

Um abraço e uma excelente noite para ti.