Depois de Katrina

7 comentários:

Rui Martins disse...

Resta dizer que o filho adolescente desta família está combater pelos interesses das petrolíferas que financiaram a campanha Bush algures ao norte de Kerbala...

Nina disse...

Que horror, mas isso é bem coisa do Bush mesmo, né? Muito triste...
Adorei o novo visual do blog, ainda não tinha visto!
Abraços...

PiresF disse...

Já cá cantam duas aprovações e reprovações zero, zerinho. Assim, sim.

Bill disse...

Vou me juntar ao coro e dizer que o Layout esta otimo, adorei.

Quanto a imagem, a verdade nua e crua.

----------------
Não creio que seja a primavera caro amigo, nem creio que seja somente no Brasil, nem sei realmente se chamaria isso de pirataria, já que em alguns casos não a direito sobre a marca no pais, ou seja, ainda é livre, se não se tem, se da um jeito e a palavra roubando é um pouco forte para esse caso =]
Na verdade isso vem de longe, já que quem faz as legendas são os americanos, nós só a traduzimos, eles também colocam o anime, a serie, o filme, a legenda
na internet para que os outros possam baixar, ou seja pra que fazer legenda em inglês se o áudio já está em inglês estranho né...
Pois é, temos entre os americanos alguns que gostam de dividir as coisas, que incrível não, sempre achei que isso era lenda.
Para se ter uma idéia o anime Naruto, creio que já ouviu falar dele, bom ele sai em japonês, em questão de horas já está em francês, logo em seguida em hebreu isso mesmo em Hebreu, nem sabia que hebreus gostavam de anime, coisas que se aprende na internet, bom continuando, depois de ser convertido nessas duas línguas ai sim chega ao Brasil ai é convertido para o bom e velho português para saciar nossa vontade.
Sim é pirataria, mais é uma pirataria globalizada, queria eu que fosse assim com tudo, já imaginou, que maravilha seria...

[s]s

PiresF disse...

Ok. Amigo Bill, eu não quis criticar, só brinquei, mas o facto é que a dita pirataria tomou proporções globais, e isso afecta em todo o mundo os criadores através dos direitos de autor – não estou a dizer que não faço, ou que critico quem faz, ou se é roubo ou não, é só uma constatação dos dias de hoje –. Por exemplo: No mercado discográfico, grande parte da música que as pessoas estão a ouvir, é pirateada da internete com formato Mp3, os gadgets que o mercado oferece para suporte são cada vez mais atractivos e de maior capacidade, logo, perversamente espicaçam a apetência para ter cada vez mais música disponível, e a contrapartida nefasta é os artistas não verem um cêntimo desse trabalho.
A contra argumentação, é que os Cd´s estão super inflacionados, se o mercado reduzisse os preços, as pessoas comprariam os discos. Pode ser, no entanto vivemos numa sociedade de livre concorrência, é o mercado que regula o preço.
Certo ou errado, algo se passa que precisa de ser controlado, pois a generalização cada vez maior da dita pirataria, vai, mais cedo ou mais tarde ter efeitos funestos, o seu aumento à escala global, acabará por provocar um colapso de grandes proporções.

Bill disse...

De fato amigo, não sou a favor ds pirataria, principalmente, as figuras que vendem na rua, filmes, cd´s, dvd´s piratas, isso já é outro caso.
Por que os preços dos cd´s é um absurdo, um bom cd sai por R$ 30,00, uma boa grana, com o avanço da banda larga, baixa-se esse cd em questão de segundos.
Esse tipo de pirataria creio eu que nunca vai acabar, de uma certa forma é uma maneira de levar essa cultura para quem não pode pagar por ela.
No caso dos animes, quem tem o trabalho de traduzir, coloca em letras grandes, Proibida a Venda, distribuição gratuita, isso eu acho legal, já que se o cara comprar é porque é bobo.
Mais realmente é a realidade de hoje, e olha que por aqui e internet nem é tão rápida como em outros paises.
[s]s

Anónimo disse...

This is very interesting site... Chennai call centers Outsource affiliate marketing Water container with filter 1969 ford f 250 acyclovir Cartridge refill toner xerox Planetary perfume company