O primeiro é com mel de rosmaninho

Chove na minha rua, olho através dos pingos que escorrem na janela donde espreito o dia e hesito na intenção de me vestir e sair. Hoje a indulgência não anda por aqui, talvez por isso, de pensamento vagabundo e uma módica ponta de ironia, mando bugiar o tempo já que está tempo para isso… sem pormenores, sem banalidades, sem precisar fazer sair a fala não se vá esta espojar nas costumeiras expressões indelicadas onde só se atiram as frases.
Assim, de forma irrepreensivelmente irrepreensível, papo um, dois, três noticiários… ouço alguns democratas do champanhe e caviar ideológico, avessos a análises desapaixonadas e despartirizadas, proferirem nas suas brincadeiras opiniáticas tantos e absolutos imperativos categóricos que já não respondem às múltiplas situações dilemáticas que surgem, que me dão vontade de os correr a varapau… que corjazinha… que caquinha esta que nos tenta enfiar o garruço… que rico novo ano que não se abre à análise e avaliação de contextos… veio parecido com a modorra que tomou conta do país em tempo de self-fulfilling prophecies… mudam as moscas mas a dimensão da alma humana continua igual, nada de tolerância no edifício atraente que é livrinho dos pascácios…
Para quando a regeneração?… Para quando uma ética de responsabilidade solidária?…
Que filho-da-puta de tempo este o tempo de se tirar o chapéu aos taralhoucos irreverentes e malcriados e aos eruditos dos bons princípios e gorduras democráticas donos de muita asneira de porte considerável?
Que filho-da-puta de tempo este!?…que vá bugiar mais essa cambada de chupapiças pouco fiáveis! (ui, lá me saiu, mas como diria a minha amiga Maria, pessoa de esmerada educação, que se foda!)
Está tempo para ler os Simples do Junqueiro.

72 comentários:

Miguel Barroso disse...

Está tempo(vamos a tempo?) de esfrangalhar essa corja de palhaços nem ricos nem pobres que se alvitram de tentar dar espectáculo.
Que se fodam, sim.
Tenho esperança, mas uma esperança ensanguentada...


Abraços d´ASSIMETRIA DO PERFEITO

isabel mendes ferreira disse...

não acredito!

não.

devo ter lido mal....que se fodam?????

vou mandar arranjar o meu portátil...deve estar todo baralhado...as festas de final de ano são sempre muito "opináticas"...:))))de ópios e manjericos sem mel...

bom....na presunção de que o meu pc ainda não esteja todo "amalucado", e que seja mesmo que se fodam...faço coro. com caviar e Pessoa Junqueiro e Eça Bocage e livros de missa....tudo misturado com "cavaquices" e "socratices" à lá maniére...

estamos à chuva. à mingua e no desespero seráfico das notícias a meio copo.cálice.


___________________.Boa.


chama-se a isto começar bem o tal de ano muito dificil.

Isabel disse...

e voltei.


para confirmar que estou solidária com a claridade da análise e com a revolta pela cegueira.

.

atraente o edifício assim desmontado....como quem atira à chuva reservas de resistência.

da responsabilidade "magra" dos obesos que nos acumulam de irresponsabilidades nem vale a pena falar.

mas vale sim sair à rua (apesar do mau tempo) e gritar: é tempo. tempo de alguma decência....


beijo. considerando o considerável .

mfc disse...

É tempo de darmos atençaõ ao que é realmente importante.
A tua sugestão fez-me rejuvenescer uns anitos bons...

Graça Pires disse...

"Para quando uma ética de responsabilidade solidária?…"
Gostei da pergunta.
Junqueiro é sempre uma boa leitura.
Beijos.

bat_trash disse...

Ás vezes a realidade se sobrepõe aos sonhos e se impõe.
Bat Kiss.


PS: FELIZ 2009!

Mar Arável disse...

Meu caro

já abri os portões e soltei

os cães

para Junqueiro entrar

Só faltamos nós

os que não têm de pedir desculpa

a ninguém

por esta democracia.

Ouso dar-lhe um abraço amigo

apesar do tempo que faz

até ser outro dia

. fina flor . disse...

como dizia meu avô: nesse mundo tem muito filho da puta, mas muita gente boa ainda.... espero que encontre estas últimas em seu caminho no ano que corre....

beijos e até, querido

MM.

>>> obrigada pela visita, volte sempre que quiser :o)

mié disse...

:))))

lolllllada


bem... apanhou-me desprevenida... Desprevenida? para quê? ora essa. ora essa. essa...

mas eu não consigo... ai que eu não consigo lololol

prontus, agora estou com uma dúvida existencial. Deveria ter ido para freira em vez de me ter metido nas drogas?


As tuas interrogações são as minhas, mais ainda nestes tempos.

Um beijo

enorme

fica bem

mariab disse...

Gosto dessa forma de começar este ano que tantas "previsões" tem suscitado! :) Pois então deixemos entrar os Simpls. Abraço.

Jay Dee disse...

Que desabafo profundo!!! Partilha sempre, que eu gosto disso.

Arabica disse...

Este tempo de chuva faz nos mesmo mal, não é? ;)


Ainda para mais se não somos crentes nos três F de antigamente :) e se usamos agora a letra para um desabafo de furia, de impotencia e de tristeza.


Um beijo e que os nossos gestos façam sol.

M. disse...

Uhlala... perdigotos por todo o lado.
Pena que eu tenha vivido fora tantos anos que ainda não aprendi tantos termos portugueses. Nem do Junqueiro sei :(( que desgraça.

cof cof

descança que o dia há de vir. Não sei é quando mas há de vir. E a gente estaremos lá com bandeiras na mão.

Beijo assim _____ cuidadoso

tb disse...

por isso talvez, tenha deixado de os ouvir. Já esgotei a pachorra e não estamos em tempo de grandes compras... :)
Partilho das mesmas interrogações e outras ainda.
Grande abraço

heretico disse...

excelente texto.

digno de Junqueiro, o Guerra. ou de Ramalho, o Ortigão.

abraços

Bandida disse...

excelente texto!! magnífico!!

pois... que se foda [como diz a tua amiga Maria...:))]


beijos imensos

Tchi disse...

Eticamente… deixo um abraço d'alma.

isabel mendes ferreira disse...

Obrigada.Pelo entendimento.


que é raro....como se sabe...


beijos!

O Espírito do Tai Chi disse...

Plagiando o "Herético" é digno de um Guerra ou um Ramalho...
Dito em "surdina" não tem a força de "escarrapachado"...

Um 2009 "à maneira"!...

António Serra

intruso disse...

(excelente prosa,
de raiva lúcida e clara...)


um Bom 2009, nunca é demais repeti-lo!
(sem caquinhas nem banalidades)


abraço
:)

legivel disse...

... a mim só me dava vontade de emigrar para longe desta pasmaceira. Só que não encontrava um país à minha medida. Escrevi então ao Provedor do Cidadão Desiludido a pedir conselho e desta vez a resposta não tardou: "Para os portugueses carentes de emoções fortes -como é o seu caso, não há país melhor que Portugal para viver em permanente desassossego... " e a carta perdia-se numa relação exaustiva de situações que eu, cidadão distraido, nem sonhava existirem neste país, que, agora sim, começo a percebê-lo melhor. Acabaram-se até, as meras viagens de férias ao estrangeiro, a paises onde quase nada se passa e são uma monotonia pegada. Comecei o ano da melhor maneira possível: fui a uma repartição de finanças tratar de um assunto e saí de lá com a sensação que tinha feito parapente a manhã toda.

abraço.

triliti star disse...

chuva!? então e o frio? essa de os correr a varapau é muito boa ideia, com o tempo que faz o exercício sempre me punha mais quente.

um abraço

Ipslon disse...

Pires! Meu Deus! Sinto-me completamente desenraizado! Toda a gente desapareceu, a clarissa bloqueou o blog dela para users priveligiados e tu és o único que te mantens fiel ao posto! Um ano e meio em que bem... esqueci-me da pass word! ahaha Eu sei que soua ridículo. Mas é verdade. Não prometo um regresso total, visto que num ano e meio as prioridades mudam, mas amigo apeteceu-me vir cá dar um pulinho ver como estás. Bom, aparentemente estás indignado com o tempo. O que é um bocado ironico visto que acabas o post anterior com desejos que boas e novas ideias. Ai ai Pires... Focaliza positivo que te faz melhor!
Fica aqui o meu abraço e os meus votos de um 2009 como deve ser, com contos!

Ipslon

Bill disse...

Estamos como bolhas de sabão cercadas de espinhos...
Quando pensamos que não pode piorar, vemos lá um cara-de-pau falar coisas que parecem de outro mundo, e fica a duvida no ar, palhaço eles com essas parvices ou palhaço de nós por termos os colocados lá...

Meu amigo... Comecei o ano no meio do mato ( depois lhe envio algumas fotos ) longe de tudo, na calma, entre montanhas verdes... maldita hora que tive que voltar, converso melhor com o vento...

Ri muito do comentario do da Isabel hahhaa

Grande abraço.

mié disse...

e


deixo-te um beijo

Miguel Barroso disse...

Caríssimo,

venho protestar.e mandar foder. após rever a entrevista com o nosso PM, sigo cuidadoso pelas ruelas, não vá este ser um bom ano!
consigo posso desabafar, pois sei que me entende.
e não é que o que escrevi antes ao comentar o seu post agravou o que já pensava...
valha-nos poder usar isqueiros e trgar canetas como quem cospe nesta pretensa liberdade.
o PM é idiota, mentiroso e perigosamente convincente.
que os chupapiças evoluam e queiram sémen diferente, pois hoje já não se aguenta este(s) espécimens.



Abracinhos, não vão eles ver....

ASSIMETRIA DO PERFEITO

Tchi disse...

Desde a minha alma quero que um abraço de mim chegue até ti.

Miguel Barroso disse...

Caro PiresF,

estou a ressacar de novo post.


Abraços d´ASSIMETRIA DO PERFEITO

Arabica disse...

Olhe :) eu sei que não é homem de selos, antes um homem de Sê-lo, mas que quer? deixo-o lá na mesma, no meu blog de pequenas doses, que isto não está tempo para pecados de gula :)

Obrigada por tudo quanto nos ofereces, por todas as palavrasescritas e por todos os sitios revisitados onde nos levaste, levas e levarás.


E pelos palavrões, também.

Um beijo

isabel mendes ferreira disse...

Fica-lhe muito bem o Selo!


Como não?



beijo. selado.

isabel victor disse...

"democratas do champanhe e caviar ideológico" . Isso mesmpo ...
Simplesmente fantástico PiresF !
É preciso chamar as coisas pelos nomes !F-da-se F-da-se F-da-se

...


como dizes "a modorra que tomou conta do país" eu diria mesmo, tomou conta do planeta !

Resta-nos ter fé no cão de água português que vai para o Obama.
Ele vai mudar o mundo (com o dono)


:))


sorrio-te ...



um beijo

iv

Nuno de Sousa disse...

Boas tardes amigo FPires,

A critica é sempre bem vinda no meu espaço, e como sabe tão bem... falo por mim é claro de qualquer maneira deixo um convite de ir ao blog da Betty e conhecer a sua obra, é uma escrita diferente do que se está habituado a ver por ai, se a convidei é porque gosto da forma como escreve e mais, à um mês sensivelmente editou um livro que está a fazer algum sucesso de vendas pelo que sei a editora esta contente com o resultado e alguns poetas gostavam desta forma de escrita, agora sei que deve haver pessoas q não gostam é claro e a autora sabe disso, é uma opção que tomou e digo dentro do que gosto, acho que se consegue textos maravilhosos desta maneira só temos de os saber interpretar.
Já agora deixo aqui um convite que a visite e conheça melhor a sua obra e porque não adquirir o seu livro... não se vai arrepender, mas gostos são gostos.
Obrigado pelas suas palavras e nunca tenha receio de aqui trazer a sua critica, é bom para mim e para quem escreve... eu de escrita sou mesmo um zero esquerda :-)

Um forte abraço e obrigado pela sua sinceridade, as pessoas têm de dizer o que sentem, mesmo q ás vezes não possamos concordar.
Nuno

PiresF disse...

Amigo Nuno,

Como lhe disse no seu blogue e em resposta a este comentário, eu conheço o blogue da Betty, faz muito tempo e faz tempo também que lá não vou pelos motivos que referi no meu primeiro comentário.

Soube do livro, que era uma edição de autor e soube também que era com matéria do blogue, razão pela qual não o comprei nem manifesto intenção de o fazer.

Não se trata de gostar ou não deste ou daquele estilo, deste ou daquele autor, eu gosto de tudo o que tenha qualidade.

À Betty, deixo um conselho, sincero, que pode servir a alguns novos autores que por aí andam:

À tarde, quando o sol desaparece num céu de anil e rosa resplandecente coberto de escamas de oiro, assome à janela e contemple, extática, o impressionante espectáculo que é sempre para a alma sensível o agonizar do Sol ao fim do dia e o adensar das primeiras sombras do crepúsculo. Depois recolha-se profundamente em si mesma e sinta se alguma coisa no seu íntimo se abre como um fruto que começa a amadurecer…
E com este momento da sua vida, que se me afigura dever relacionar-se a primeira crise da sua sinceridade, leia o que escreveu de viva voz, verá então.

Forte abraço, Nuno.

heretico disse...

abraço

isabel mendes ferreira disse...

......."À tarde, quando o sol desaparece num céu de anil e rosa resplandecente coberto de escamas de oiro, assome à janela e contemple, extática, o impressionante espectáculo que é sempre para a alma sensível o agonizar do Sol ao fim do dia e o adensar das primeiras sombras do crepúsculo. Depois recolha-se profundamente em si mesma e sinta se alguma coisa no seu íntimo se abre como um fruto que começa a amadurecer… """


et voilá um Espreitador a falar de um "real.inexistente?"

supreendida e muito pelo "manancial para.poético" aqui exibido...vindo de quem é um clássico (de leituras mil) só posso ficar hiper admirada pelo inusitado léxico...:))))


bom dia que se faz tarde nas alegorias.


beijo. alegórico. sim!

intruso disse...

(...e o segundo, é com mel de quê?)

[long time no post...]


abraço!

isabel mendes ferreira disse...

para agradecer o post que está hoje no Piano!!!!!!


mil x obrigada!!!!!


beijo a rasurar os enganos....:))))

Tchi disse...

Quando nos fala do segundo :) ?

Abraço feliz.

Vieira Calado disse...

O tempo também
tem as suas filhas-de-putices!

Um abraço

Arabica disse...

O tempo em estado normal...



Abraço

isabel mendes ferreira disse...

e o segundo será com chá da china?


ou de um mel amargo?



beijo.


simples. com água das pedras.

bandida / intruso disse...

alô, alô, amigo, espreitator, aqui estamos nóis enrégelados nésta bélissima cidádji. com fálta dji você, né? todo o mundo pérguntando por vôcê, né?

cadé vôcê, qui a gentxi num txi vê?

abraços enrêgelados

we

isabel mendes ferreira disse...

:)))))))))))))))este sorriso é para o comentario acima....



só mesmo ela/ele...

delícia.

Tchi disse...

êlis xigarán bén dipois di muita volta i peripécia. Mas xigarán i já tén muita coísa p'ra cuntari na volta p'ras lisboa.

Nun faz caso do enrêgelado porque faz muito quente p'ra estis lado.

Falta vôcê i a I, vôcê bén sabi.

Abraço quentinho.

Anónimo disse...

simples (mente) Junqueiro...:))))))



com chá de mentol.....(amargo)

.


boa noite aqui!





.piano.

"seráfico".

Aeropro Alcochete de Lisboa disse...

Apetece-me muitas vezes ler isto em voz alta.
Frequentemente o faço, quando estou sozinho.
Força na língua.

M. disse...

vinha eu perguntar sobre o segundo mas anteciparam-se todos:(
quase todos...

o mundo vai serenar, vai vai.


boa semana caro PireF.

abraço

SILÊNCIO CULPADO disse...

Espreitador

Tens razão, este tempo cansa como o País cansa. É tudo cinzento e enlameado, é tudo de betão armado. A nossa alma sensível procura um parapeito nas janelas fechadas.
Que porra de tempo este e de País que o acompanha.


Abraço

Bill disse...

Avanteeeee Sporting!!!!

(=

Boa semana amigo!

[s]s

Arabica disse...

Que o défice não chegue às palavras!


E que a recessão não abranja a retemperação necessária.



Um abraço

isabel mendes ferreira disse...

Obrigada!

isabel mendes ferreira disse...

e




O B A M A!!!!!


:)))))



__________________bom dia 20.

isabel victor disse...

Nem espreito, "espreitador". Hoje entro de rompante ! :)) Venho festejar contigo o 1º dia da nova era ... (Amen)


e em fundo "Lady Soul", a eterna Aretha Franklin a marcar o compasso da História.

Nunca imaginei viver para ver ...



aquele abraço, PiresF


iv

isabel victor disse...

Ah ! :))


"You've got a friend"




iv

. fina flor . disse...

boa semana, dear

beijos

MM.

Lord of Erewhon disse...

:) The F word... mind the silly ladies...

Abraço.

PiresF disse...

Lord, larga o vinho.

isabel mendes ferreira disse...

:)))))))))))))))))))))))))))))

Fazendas disse...

Boas sô Zé,

Apenas escrevo aqui para que te lembres de me fazer uma visita de vez em quando... pois tempo é algo que nao te falta ultimamente (Apesar de parecer que sim...) como tal, na qualidade de filho, exigo pelo menos 1 visita por mês aos meus blogues ;)

Tenho dito.

PiresF disse...

Quando se tem de exigir, algo está errado. ;)

mié disse...

Está bom tempo por aqui :)

e eu venho um dia depois (...ando sempre atrasada) brindar contigo ao recomeço dos novos tempos e ao sorriso mai lindo do mundo :)

beijo

sa morais disse...

Vivemos os dias dos chupapiças, um império filho-da-puta, que esmaga, corroi e aferrugenta tudo...

Este são os dias, em que há tantos dias que apetece dizer que se foda...

Abraço!

Fazendas disse...

è pá....mas filho pode exigir sim.... nao quer com isso dizer que a exigencia seja ou possa ser cumprida :)

triliti star disse...

e o tempo continua mais ou menos na mesmo.

e por aqui?

espelho sem reflexo disse...

Talvez seja este o tempo de tomar lições de abismo e de humanidade. Cair para depois erguermo-nos num novo andar.

Aqui, um amigo, sim.

abraço,
fvs

Vieira Calado disse...

Sim. Ler Os Simples.

Na próxima semana teremos de aturar os mais complicados: nos jornais, na télé e por aí fora.

Cumprimentos

Nuno de Sousa disse...

Um post bem humorado e feito com graça de quem sabe escrever... gostei venham mais...

Obrigado pelas suas palavras, são essas q dão mais vontade de seguir em frente fazendo o que gosto, partilhando com pessoas q fazem gosto de escrever para a minhas fotos uma partilha feito com prazer dando coisas bonitas.

Um forte abraço e um bem-haja pela sua simpatia,
Nuno

isabel mendes ferreira disse...

Obrigada "espreitador"_-_-____:))))

e Obrigada Nuno!

ângela marques disse...

1º OBRIGADA.
Eu também não distribuo salamaleques e detesto recebê-los.Já tinha passado aqui, claro, via nossa IMF, mas com pouco tempo e agora também.
No entanto tive um chiquinho para me regalar com esta prosa que eu julguei não existir nesta nossa era. Ai que me soube tão bem, Pires F. Por isso, MIL vezes OBRIGADA. Vou ter q marcar uma visita com imenso tempo.

Abraço

Clavis disse...

estamos de partir a loiça, hem, amigo Pires? ;-)
E não há melhores tempos para isto... com o adensar desta malfadada crise, com a turbulência freeportiana e sem... sinais de alternativa à vista.

Oliver Pickwick disse...

Teiquirisi, Pires! Não vai querer um século de Péricles todo o tempo. Aliás, se combinar Einstein com Kurt Godel o tempo nem existe. Logo, não é responsável pelos atos dos taralhoucos irreverentes que menciona.
Garruço, taralhouco, pascácio, estes termos, se escritos ou ditos por aqui, nem parece português. É como sempre digo, nenhuma outra língua é tão rica e versátil como a última flor do Lácio.
Depois de uma pausa, estou de volta.
Um abraço!

ลndreia disse...

Quero Verão! Sempre verão! *