Tributo às palavras que escorrem quentes.

Há quem despreze bons momentos? Há. Mas quem o faz, merecendo respeito, não merece que se perca tempo a falar do assunto, é coisa lá dessas pessoas que, estando, não estão, de facto, não indo preguiçosamente além da emoção ligeira. (Ponto final, para que não pareça que estou a querer ser profundo).
Por isso, porque posso, mas principalmente por aquilo que, com sentido gosto, chamo a vossa atenção; não percam este post inteligente com o sugestivo titulo “Púbis rosado” e, principalmente, não simulem, escutem o complemento de forma admiravelmente clara em mp3 que, se revelará, quiçá por alguma razão aparentemente obscura, um delicioso, inteligente e equilibrado prato principal, onde a grosseria e a ignorância não são acompanhamentos.

13 comentários:

Bill disse...

Ra!

Eu ganhei meu domingo ao ouvir essa preciosidade.
Um conto fantástico da moça flor, que coloca cada palavra no seu lugar, nos desenhando imagens enquanto a voz clara de Luiz Gaspar parece nos enfeitiçar.
Faço minhas as suas palavras amigo.
Simplesmente imperdível.

Abraços

[s]s

Anónimo disse...

_________________
_________________


.
___________________
___________________-

um dia. um dia gostaria de assim escrever.


beijo .


y.

Luis Gaspar disse...

Sem pedir autorizacão (espero que me perdoem) transcrevi este post e uma das respostas para os comentários do Poesia Erótica.
Obrigado
Luis Gaspar

PiresF disse...

Luis Gaspar!

E perdoaria se algo houvesse a perdoar, aliás, agradeço a apreciação e sei que, o meu amigo Bill, um apaixonado além-mar da poesia portuguesa, terá idêntica opinião.

Abraço.

PiresF disse...

Y.

Minha querida, não me faças corar.

Enorme abraço e um aplauso incansável pelo constante prazer que as tuas palavras me proporcionam.
_________________________

Bill

A ti, só aconselho o melhor.

Abração.

Bill disse...

É amigo,tu sempre me indicando bons caminhos e esse foi por demais florido e feliz.

É uma honra ter o comentário colocado lá, junto ao teu excelente post.
Quanto a autorização, concordo contigo, com certeza.

abraço.

(=

sá morais disse...

Amigo Pires, vou seguir o conselho e espreitar... Sei que aqui estas sugestões nunca são em vão!

Abraço e boa semana!

isabel mendes ferreira disse...

obrigada!


mesmo!



____________


Bill,
menino do lado do mar...:)...obrigada.

isabel mendes ferreira disse...

e objectividade é que falta...

em muitos lugares....


_________________

beijo.

(grata)

Gi disse...

Uma voz fantástica que dá corpo a um texto já por si magnífico.

Obrigada por divulgar.

Noite feliz

Mar Arável disse...

Não é frequente ouvir um piano

a quatro mãos.

Belo encontro

O pensador disse...

Nunca gostei muito de poesia erótica (acaba sempre por se tornar exageradamente utópica),mas quando é recitada por uma voz talentosa e accompanhada por um piano como música de fundo,o resultado até nem é mau de todo...

Nada mau mesmo!

Obrigado por este momento relaxante.

Odysseus disse...

Sempre é mais aprazível, do que aquelas senhoras das linhas eróticas. Bonito! :)