Ramos Horta.

Foi o braço direito de Xanana Gusmão em todo este processo, que teve como objectivo o derrube de Mari Alkatiri e que Curzio Malaparte no seu livro sobre a técnica do golpe de Estado não desdenharia, ou quem sabe, se ainda fosse vivo o obrigaria a um novo titulo sobre semipresidencialismos de fachada parlamentar.

Hoje, na sua tomada de posse como Chefe do Governo de Timor-Leste, fez o seu discurso à Nação do qual retirei estas pérolas:

"Hoje sou empossado na honrosa função de Chefe de Governo, na sequência da resignação do meu velho amigo e combatente de luta, o Dr. Mari Alkatiri. Servi num Governo por ele dirigido sempre pautado pela prudência e lealdade ao povo que ele realmente ama".

Se isto não é hipocrisia então não sei o que será, até porque, mais à frente leio incrédulo:

"Infelizmente, não posso dizer que aprendi muito com o Primeiro-Ministro Mari Alkatiri durante os quatro anos de governação. Eu estava ausente mais de metade do ano e quando estava no país não me entusiasmava muito com as prolongadas sessões do Conselho de Ministros".

Ora, este homem ausente e que considera uma maçada as sessões do Conselho de Ministros e que foi co-autor no agravamento das acusações para derrubar o seu chefe, é o mesmo que não consegue esconder o clima de liquidez monetária que vive Timor-Leste devido à governação de Alkatiri:

"Tínhamos há meses cerca de 600 milhões de dólares provenientes do Fundo Petrolífero criado pelo anterior governo e que prevê a aplicação das receitas petrolíferas em obrigações do tesouro norte-americano]. Esperamos ter até ao final do ano, cerca de mil milhões de dólares”.

E remata em bicos dos pés sem sentido do ridículo:

“Nunca seria um bom secretário-geral da ONU se não soubesse ser um bom timorense, e um bom timorense deve estar no seu país e com o seu povo em momentos de crise" e conclui: "Talvez em 2012. Agora o mundo tem que esperar".

Palavras para quê...

14 comentários:

tb disse...

Dizes bem meu amigo, palavras para quê!!!????
Não gosto de Ramos Horta, nunca gostei, nunca me inspirou confiança e cá está a vida a confirmar as minhas suspeitas, infelizmente. Gostava mais de estar enganada.
Acho que sabes avaliar a enorme tristeza que todos estes acontecimentos me provocam.
Gostei muito da tua visita, sabes que é uam das que me fazem falta.
Beijinhos e abraços

Era uma vez um Girassol disse...

Gostei muito destes posts sobre Timor, que vieram repôr a verdade dos factos! Estava tudo baralhada pelos media....
Estás sempre na crista da onda, a favor de Timor e sua causa! Lindo!
Bjinho

Teresa Durães disse...

Pois, eu também andei muito baralhada com a confusão de Timor, com o que me diziam, com o que ouvia (também confesso que não vejo televisão, nem jornais, leio este blog!)

E não gosto do Ramos Horta...

madalena pestana disse...

Desde quando queria o Ramos Horta este lugar? Quem vendeu e comprou por ele? Quem traiu?

Que se lixe!

Kaos disse...

A cada noticia que vejo de Timor só aumenta a minha tristeza. Ramos Horta mostrou, como já o tinha feito o xanana uma incapacidade de tomar os destinos de Timos nas suas mão. Hipocritamente vendem o território à Austrália e perdem assim a sua independencia para o mundo. O azar de se ter petroleo.
um abraço

Outsider disse...

O Xanana e Ramos Horta, foram duas pessoas que me desiludiram muito. Depois de toda a luta travada para se libertar Timor do domínio Indonésio, são eles que agora entregam o país ao domínio imperialista dos cangurus... Não consigo perceber o que se passou com eles, só pode ser ganância... E assim um país que lutou muito para ser livre, deixa de o ser...
Um Abraço.

Mendes Ferreira disse...

o problema é que mts compromissos "escondidos" ameaçam vir ao de cima,,,,

____________________!


beijo à vista.

Nina disse...

Estou de volta amigo, com novidades...

=]~

Beijos e abraços com o carinho de agora e de sempre

rouxinol de Bernardim disse...

Ramos Horta deu uma no cravo e várias na ferradura!...

A sua "pose" pretensiosa e cheia de empáfia ridícula é típica dele!

Mas... há que aguardar e ver.

boleia disse...

para ter a certeza de que o disparate dura até ao fim...
haja bom senso!

Parrot disse...

Meu caro Piresf,

Digo o mesmo que tu..."palavras para quê"?

Dito isto, venho tentar "pagar" a dívida que sinto para contigo.....estes últimos tempos tem sido complicados....e não tem dado para passar com a devida atenção....melhores tempos virão.

Grande Abraço

Mocho Falante disse...

É a dança das cadeiras e o sacudir a água do Capote...é um diz que não disse uma atrapalhação constante e quem sofre? ...o Povo

abraços

freu disse...

Que saudades de ler seu blog Pires!

E olha que lembrei muito de você durante esta copa... saiba que torci muito para a seleção portuguesa!!!!


De vez enquando eu volto para dar uma espiadinha...

Beijos

Pêndulo disse...

Aquele laçarote sempre revelou a vaidade do portador.