10 comentários:

Kaos disse...

Também eu estou triste por Timor e por ver o Xanana, um simbolo da liberdade de um povo, a auto-destrirem-se. É pena.
Um abraço

Teresa Durães disse...

Se assim o escolhem... o petróleo...

sá morais disse...

Raios! Porque é que as pessoas nunca aprendem? Ganharam a liberdade e agora querem fazer do petróleo e das lutas de poder os novos grilhões que os vão subjugar...
Realmente, o dinheiro e a sede de poder fazem os homens enlouquecer!

Volto ( infelizmente ) a recordar a letra de uma música dos DM:

The grabbing hands
Grab all they can
All for themselves
After all

Its a competitive world
Everything counts in large amounts

The grabbing hands
Grab all they can
Everything counts in large amounts

Infelizmente...

abraço.

Klatuu o embuçado disse...

Não me parece. Em breve estará o problema resolvido.

madalena pestana disse...

Nunca acreditei que fosse simples manter a independência de Timor, qt mais a Paz.

Abraço

pintoribeiro disse...

Mas era previsível, não?...um abraço, boa noite.

as velas ardem ate ao fim disse...

Por outras palavras(Mafalda Veiga)

Ninguém disse que os dias eram nossos
Ninguém prometeu nada
Fui eu que julguei que podia arrancar sempre
mais uma madrugada

Ninguém disse que o riso nos pertence
Ninguém prometeu nada
Fui eu que julguei que podia arrancar sempre
mais uma gargalhada

E deixar-me devorar pelos sentidos
E rasgar-me do mais fundo que há em mim
Emaranhar-me no mundo
e morrer por ser preciso
Nunca por chegar ao fim

Ninguém disse que os dias eram nossos
Ninguém prometeu nada
Fui eu que julguei que sabia arrancar sempre
mais uma gargalhada

E deixar-me devorar pelos sentidos
E rasgar-me do mais fundo que há em mim
Emaranhar-me no mundo
e morrer por ser preciso
Nunca por chegar ao fim

dakidali disse...

Não sei que dizer. Estou triste e preocupada com a situação. Gente simples, boa, sofredora, à espera da paz tão desejada. Durou pouco. Que sufoco.
Beijinhos

tb disse...

Parece que o que temíamos há alguns tempos está prestes a acontecer...
Abraços

Anónimo disse...

Keep up the good work »