O insólito, ou talvez não...

Enquanto almoçava, vejo chegar um carro; parar na praça de táxis e o acompanhante do condutor sair em passo apressado na direcção da churrasqueira do lado.
Passados uns quinze minutos, este regressa com os franguinhos e lá se vão.
Enquanto ali estiveram, os táxis que chegavam tinham evidentemente de manobrar na fila para os contornar, e isto não mereceria grande atenção da minha parte, se a insólita situação não fosse provocada por quem devia dar o exemplo; a PSP.
Pois...

8 comentários:

Clarissa disse...

Padrinho...fizeste-me lembrar de uma rua, em que em tempos vivi,em que também havia uma churrasqueira...em que também a PSP estacionava em segunda fila, levando ao caos o trânsito...
Fizeste-me lembrar que se contiunam a apregoar verdades diferentes,consoante os destinatários!!!
Beijocas amigo

PiresF disse...

Clarissa!

Afilhada... são as várias leis deste país; consoante a pessoa se aplica a verde ou a vermelha.
O que me custa é, ver os exemplos que as nossas autoridades dão no dia a dia, quando deviam ser os primeiros a ter o cuidado de não transgredir, já que, são eles, os fiéis depositários e executores.
Um grande abraço.

Rui Martins disse...

e contudo aquela que devia ser a maior fonte da "autoridade" devia ser o Exemplo. Como se vê: não é.

Os polítcos seguem pela mesma cartilha.

Mas uns e outros emanam da mesma cultura. Será por isso de espantar que se portem assim?

Por isso é que acredito que este Portugal de hoje não tem verdadeiro futuro e que tem desesperadamente de se reencontrar a si próprio, nas suas origens medievais e nos séculos XI e XII.

Este Portugal, estes polícias e políticos não vão a lado nenhum.

Parrot disse...

Meu caro amigo,

Pois é...o exemplo da autoridade.

"Olha para o que digo e não para o que faço"

A melhor forma de autoridade é dar o exemplo através dos actos. Depois admiram-se que já não respeitam a autoridade.

Grande abraço

PS - Logo, que ganhe o melhor, e que o melhor seja o meu FCP.
;-)

PiresF disse...

Rui Martins!

Nós até sabemos que eles são humanos, que de vez em quando também prevaricam como nós, etc. e tal, mas a diferença, é que o comum cidadão quando decide cometer uma infracção sabe que corre o risco de ter de pagar por isso, enquanto eles, se servem do poder e do privilégio inerente, para prevaricar bem diante dos nossos olhos, sem que lhes possamos fazer nada.
Como dizes, os maus exemplos frequentes, que emanam das forças dirigentes deste país, fazem com que as pessoas se revoltem e com razão.

Hoje tive pena de não ter uma máquina fotográfica para fotografar a cena e pô-la a correr na net.

Este Portugal não tem futuro, mas um dia, outro Portugal que já deu provas e recentes de ser diferente e excepcional nessa diferença, terá.

…………………..

Parrot!

Pois é amigo, enquanto não estiver resolvido o problema da educação deste país, continuaremos a marcar passo.

Sobre o jogo, já te respondi no teu blog.

Sporting sempre!

Acima de tudo, que seja um jogo honesto e um bom espectáculo.

Grande abraço para o tio babado.

aprendiz de viajante disse...

No nosso país os exemplos falham por tudo o que é lado... O melhor é sermos os nossos próprios exemplos e pronto acabou!!!

Obrigada pela tua visita. Também gostei muito do teu espaço.

PiresF disse...

Wicca!

É verdade, restam a esperança e o querer de que um dia Portugal mudará.

Um abraço

Eli disse...

Pois!

:)