O debate visto em reprise.

Finalmente algum sal nestes debates presidenciais.
Francisco Louçã, atacou Cavaco precisamente onde lhe é mais caro: A Economia, e desmontou o mito, coisa que não ousaram nem Soares, nem Alegre, que mais não fizeram que ajoelhar aos seus pés.
O homem, ás-duas-por-tres, e ainda na primeira parte, sai-se com uma proposta para a Segurança Social, pediu até a palavra para dizer esta coisa muito séria: É necessário fazerem-se novos estudos sobre a situação da Segurança Social, porque a coisa pode já não ser como no passado (foi mais-ou-menos assim). Foi ver o Louçã de dedo no ar, a pedir a vez para dizer ao Sr. Professor que os estudos foram apresentados a semana passada na Assembleia, e isto depois do homem ter dito que já lê jornais, deve ser como a sua mandatária para a juventude que diz estar a fazer uma especialidade em oftalmologia no Egas Moniz, mas é desmentida pelo director clínico Pedro Abecassis.
Agora de rir, foi quando o “Sr. Economia” usou a expressão biliões, fiquei à espera de ver o Louçã trucida-lo, dizendo-lhe que isso era expressão das Américas e que por cá, mil milhões eram mil milhões, não havia cá essa história dos biliões e que fica mal a um Presidente da República dizer essas coisas e etecetera. Mas ele, parece que não quis achincalhá-lo com coisas mesquinhas, porque afinal de contas, toda a gente em Portugal lê ou leu, banda desenhada feita no Brasil e sabe perfeitamente o que são os biliões do Patinhas ou do Gates.
Enfim, uma vitória do Louçã, depois da derrota do meu Sporting.
Eu até nem sou pelo Louçã, mas sou decididamente contra o Cavaco, logo, esta vitória, também é um bocadinho minha.

10 comentários:

Eremita Baptista disse...

eu juro k tentei ouvir...mas foi mais forte do que eu...abraços...

Eremita Baptista disse...

é verdade amigo tás interessado em contribuir para o Inusitado?

PiresF disse...

Eremita!

Acredita que fico lisonjeado com o convite e gostaria de fazer parte desse trabalho, infelizmente o tempo de que disponho é curto até para o meu blog, que sofre por vezes com entradas só para encher.
Agradeço, mas sou obrigado a recusar visto não poder ser um colaborador sério como o projecto exige e merece. Serei no entanto, e sempre que o tempo o permitir, um visitante interessado.

Rui Martins disse...

Não vi e começo a duvidar cada vez mais da eficácia destes debates... Algum indeciso mudará de opinião após os ver? Se não para que servem? Para convencer os convencidos, ou apenas para demonstração circense dos méritos oratórios dos candidatos?

eremita baptista disse...

amigo/a: alguém me roubou o blog terei de criar outro convento.

contactem-me no correiodaspalavras@gmail.com

por favor.

João Ferreira Dias disse...

migo/a: alguém me roubou o blog e o mail terei de criar outro convento.

contactem-me no jbaptistafdias@hotmail.com
por favor.


eremita baptista

PiresF disse...

Rui!

Não viste o primeiro debate que valeu a pena, este sim, aproximou-se de um debate.
Sem atropelos, mas por culpa do Louçã, Cavaco teve de responder a algumas coisas, depois sabíamos que seria um confronto entre dois economistas e não tenho dúvidas que o Louçã para além do mérito de conseguir que Cavaco respondesse ás suas questões, mostrou-se muito à vontade e bem preparado, o Cavaco, como sempre, firme e hirto que nem um carapau ao sol, teve as suas escorregadelas, talvez a pior quando falou da imigração.
Com certeza irão repetir, se puderes não percas.
Em relação à eficácia que referes, não estou de acordo. Por muito que te custe acreditar, existem mesmo muitos indecisos e os debates ser vem exactamente para captar essa franja de eleitorado e captam uma parte.

PiresF disse...

Eremita/Inusitado.

Já vi o post que lá está. Até custa a acreditar que possam fazer uma coisa destas.
Se o problema é de capacidade do servidor, então que estanquem os novos, agora destruir o trabalho de quem já lá está parece-me absurdo.

Informa depois o novo endereço.
Um abraço.

Cristina disse...

clap, clap, clap!!!

grande post:))

ambém falei do assunto, mas com comentadores que não estão muito de acordo ;)

beijocas

PiresF disse...

Ainda lá vou ver.