Prazeres do quotidiano

O Natal já pode vir, a árvore está enfeitada, e a casa praticamente decorada para a quadra festiva que se aproxima.
A Lena e a Catarina trataram disso com a antecedência, vontade e a costumeira alegria, que sempre põem neste ritual.
Para elas o ritual do Natal começa bem cedo, há quinze dias que as ouvia falar na decoração da árvore, acto em que participo apenas com um dos sentidos, e hoje, porque o dia chuvoso convidava mais uma vez a ficar em casa, não resistiram.

Logo após, termos praticamente devorado um lombo assado no forno, com batatinhas aos quartos e legumes gratinados em bechamel, tudo regado com um tinto de Reguengos, e terminado com fruta da época, café e a costumeira cigarrilha, fui requisitado para uma viagem ao sótão onde nos aguardavam algumas caixas com os enfeites natalícios acumulados de outras quadras e todos os anos acrescentados.

Durante o resto do dia, o ritual da decoração tomou conta delas e absorveu-as completamente.
Eu mantive-me no meu posto, vigilante, para que a lareira se não apagasse, e gozando o supremo prazer de mais um dia passado com algumas das mulheres da minha vida.

6 comentários:

Salvietta disse...

Homens esquecem o prazer de enfeitar a árvore de natal, mulheres não! :-)

Intervencionista disse...

E ainda bem que ai vem o Natal... pois se há coisa que gosto no Natal é esse Peruzito de vários kilos habitual ai por casa no almoço de dia 25... Recheado divinalmente pela "D.Lena"... com um acompanhamento cheio de iguarias... tenho de parar pois já estou a ficar com agua na boca.
não esqueças de me ligar amanhã...

Heloisa disse...

Olá, Sr. Pires !
Estou de volta :)

Bill disse...

Nada melhor do que passar o dia com quem amamos, nada melhor do que se preparar para festa =]
Vida boa heim, só olhando elas trabalharem.

Ótima semana caro amigo =]

[s]s

Valkye disse...

Ah.... eu quero o Natal!!!!
Logo!

Anónimo disse...

Wonderful and informative web site. I used information from that site its great. film editing schools