Fuzileiros Portugueses



A vida dura da nossa tropa, com patrocínio da Sagres.

10 comentários:

Diane disse...

Olá! Vc visitou o meu blog recentemente... pelo que vejo é português, estou certa? Será um prazer lhe visitar outras vezes assim conheço + daí... beijos!

PiresF disse...

Seja bem-vinda Diane e sem dúvida alguma está certa, este blogue é Lusitano e tem grande prazer em a receber sempre que lhe aprouver aparecer.

Diane disse...

Pôxa, isso que eu chamo de dar as "boas-vindas"! Obrigada pela atenção a mim dispensada! Ah e me parece que o português daí é mais bonito que o nosso! Beijos...

PiresF disse...

O português daqui é português puro, mas não tem a vossa melodia e calor.

Bill disse...

hahha que imagem heim...
Vida boa...

[s]s

PiresF disse...

Sem dúvida Bill, estes rapazes têm uma vida muito dura.

Anónimo disse...

Enjoyed a lot! » »

Anónimo disse...

Wonderful and informative web site. I used information from that site its great. jenna jameson Nc farm bureau mutal ins business policy cars Antique car transport service Ringtones sony winsor pilates

FUZO disse...

Desde ja boa tarde "A vida dura da nossa tropa" mas que raio de ignorancia vem a ser esta quer diser quando a nossa tropa esta longe das familias e em missoes humanitarias la no meio de ser la o que ninguem cria bloges a falar disso e ate mesmo a apoiar quando se faz exercicios que ocupa meses e semanas seguidas sem ver familia amigos etc ningem cria bloges a falar disso quando e preciso algem dar o corpo ao manifesto e ir para paises distantes com problemas graves de saude publica ninguem fala disso e ninguem mais sem ser os militares vai para criticar tamos ca meus senhores mas se algum dia conseguirem a boina azul ferrete dos fuzileiros podemos falar ate la estejam ai na vossa ignorancia e deixem de criticar secalhar o unico momento de lazer que estes filhos da escola puderam ter depois de sabesse la quanto tempo embarcados se n sabem o que e ser fuzileiro não sejam ignorantes.

PiresF disse...

Não se amofine meu caro, Fuzo, isto era uma brincadeira. Não sei o que é essa vida agora, mas sei o que foi antes, em 1974.

Abraço.