Debater as presidenciais

Visão Online

Venha debater as presidenciais.
Apesar de nenhum deles ter ainda avançado oficialmente, tudo aponta para que as próximas eleições presidenciais venham a ser disputadas entre Cavaco Silva e Mário Soares.
Participe no debate dê asua opinião, clicando aqui.

8 comentários:

Anónimo disse...

Pois mas hoje já avançaram ! Não sei no que isto vai dar mas viva os anos 80 em que todos éramos mais ou menos Anarquas !!!
Sy

PiresF disse...

Que mal me sinto com tudo isto.
Vou ali vomitar e já venho.

zwatt disse...

Começo a pensar que a unica razão que leva Mário Soares a candidatar-se às Presidênciais pela 3ª vez e num momento bastante complexo do estado actual deste país, é o terror que existe no partido que fundou (PS) e que detém neste momento a maioria, que, com Cavaco Silva na Presidência, este, e tal como o fez Jorge Sampaio, dissolva a Assembleia, e decida formar um Governo de iniciativa Presidencial. Creio que constitucionalmente é possível e até acredito que é capaz de ser o ultimo recurso possível para salvar este país e credibilizar o mesmo junto com os seus pares na União Europeia.
Um governo onde os seus intervenientes, independentes, não terão que pagar favores a ninguém nem estarem preocupados com sondagens de satisfação, mas simplesmente governar e gerir o país de forma racional, contendo as despesas e aumentando as receitas, se possível não pela via dos impostos, mas sim por uma maior competitividade das empresas nacionais.

PiresF disse...

Meu caro zwatt! Sentindo-me tentado a concordar consigo, devido à primeira parte do seu comentário, não posso no entanto fazê-lo. Acredito profundamente que um governo de iniciativa presidencial, tendo como mentor Cavaco Silva, seria mais do mesmo ou pior. Lembre-se que a desvergonha neste país começou exactamente com o seu pontificado e se você acredita que ele não recorreria aos amigos de sempre, então é ingénuo. Tirando isso, que não é pouco, estamos de acordo.

zwatt disse...

Caro pf, penso que neste campo temos ideias bastante diferentes (o que à partida é bom sinal).Não sendo de modo algum um defensor do Professor, é sabido que os 10 anos de ACS não foram simpáticos, mas foram necessários, mesmo com os seus lados mais negativos. Apesar de tudo o que dizem (neste momento) Portugal cresceu e desenvolveu-se mais (internamente) nesses 10 anos, que muitos outros paises da UE em 40 anos. Estes sim foram os 10 anos de choque para Portugal.
Depois foi o que se viu...
Viver à tripa forra, pois nem contas sabiam fazer, façam lá as contas de quanto é que é 3% do pib, etc, etc, etc...

Acredito (talvez ingenuidade, ou algum optimismo restante) que é sempre melhor ter amigos que sabem fazer contas. Não os tendo fica-se sempre na dúvida sobre o que é que pagamos ou se até pagámos a mais.

PiresF disse...

Meu caro zwatt! Você não deixa de ter alguma razão no que se refere a ACS, mas se tivermos em consideração os rios de dinheiro que entraram neste país, vindos da UE durante o pontificado do Cavaco, seria anormal que algo não tivesse sido feito.

Agora o que eu penso, é que, mais poderia e deveria ter sido feito nesse pontificado, era obrigatório fazer mais no seu segundo mandato, não fosse o tabu, como se deve lembrar criado por Cavaco, que devido à sua arrogância, praticamente paralisou os investimentos em Portugal.

Portugal começou aí a sua curva descendente, os anos áureos em que o país acreditou que tudo era possível, terminaram.

Lembro-me que Cavaco conseguiu o impensável, quando a 28 de Março uniu as duas centrais sindicais numa greve geral, lembro-me do bloqueio da ponte 25 de Abril, lembro-me de em meados de Abril os camionistas terem bloqueado a fronteira de Vilar Formoso, lembro-me da greve nacional dos médicos a 6 de Junho que durou 4 dias, lembro-me da paralisação dos juízes a 5 de Dezembro que teve como consequência a paralisação dos tribunais, a polémica dos feriados etc., etc.

Creio que o problema de Portugal é a falta de memória, e depois quando nos impingem 2 candidatos como Soares e Cavaco, somos logo tentados a descortinar qualidades neste ou naquele como revela o meu caro quando diz “que é sempre melhor ter amigos que sabem fazer contas” numa comparação velada a António Guterres.
Eu não o farei, para mim são os dois maus e nenhum deles merece o meu voto, não votarei no mal ou menos, quando as hipóteses que se me apresentam são as duas muito más.

zwatt disse...

Caro pf, de formas diferentes penso que ambos temos razão, e não posso deixar de concordar que de facto os episódios que menciona e que constaram do ultimo mandato do ACS, deixaram as suas marcas.
Mas o mais grave para mim (e penso que para si também), é não haver outras alternativas a não ser estes dois "Caramelos".

PiresF disse...

Estamos inteiramente de acordo, e aqui fica o meu obrigado pelos seus comentários.